Campo

Foto: Divulgação

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) já atualizou os preços de referência de 2017 para 27 produtos amparados pelo Programa de Garantia de Preços para a Agricultura Familiar (PGPAF). Os novos valores, sugeridos pela Companhia e aprovados pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), entram em vigor no dia 10 de janeiro próximo e valem até 18 de janeiro de 2018.

Sempre que o valor de mercado de algum dos 27 produtos ficar abaixo do preço de referência, o agricultor tem direito a um bônus para desconto em parcelas do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). O cálculo do bônus é feito mensalmente pela Conab.

Os preços de referência variam de acordo com cada região brasileira. O arroz em casca natural tem o valor de R$ 34,97 a saca de 50 quilos nos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, enquanto nos demais estados das outras regiões vale R$ 41,97 a saca de 60 quilos. O feijão tem o preço de R$ 93,06 a saca de 60 kg em todo o país, mas a variedade caupi, que só é produzido no Nordeste, no Norte e no estado do Mato Grosso, tem preço de referência de R$ 136,13.

Entre os produtos com preço garantido pelo governo federal estão manga, laranja, cará, batata doce, mandioca, mas também carne de caprino e ovino, juta/malva, amendoim e algodão, entre outros. A lista completa está prevista na resolução nº 4.544, publicada no Diário Oficial da União (DOU) no último dia 23. 

Acesse aqui a resolução 4544

Por: Redação

Tags: Agricultura Familiar, Conab, campo