Saúde

Foto: Divulgação

A partir de agora, pacientes com doença de Crohn, uma inflamação que afeta o tubo digestivo, terão acesso pelo Sistema Único de Saúde (SUS) ao medicamento que trata o problema.

A decisão de incorporar o remédio certolizumabe pegol à tabela do SUS foi publicada nesta quinta-feira (5), no Diário Oficial da União.

O medicamento é indicado para reduzir sinais e sintomas da doença de moderada a grave. A enfermidade pode causar inflamação em qualquer parte do tubo digestivo, desde a boca até o ânus.

O remédio contém uma substância que se liga a uma proteína causadora da doença e impede a ação dela.

Assim, a inflamação é reduzida. De acordo com a bula, a melhora do quadro acontece, geralmente, em três meses.

O composto deve ser evitado por quem tem alguma alergia a alguma substância da fórmula e por quem estiver com tuberculose, infecção geral grave, abscesso – que é o acúmulo de pus – e outras infecções. (EBC)

Por: Redação

Tags: Agência Brasil, Doença de Crohn, SUS