Polí­tica

Foto: Divulgação

A eleitora Rosa Pereira Silva, de 101 anos, surpreendeu os servidores da 8ª Zona Eleitoral de Filadélfia, em Tocantins, no último dia 8, ao comparecer para fazer o recadastramento biométrico. A eleitora, nascida em 1915, deu um exemplo de cidadania ao se dirigir ao cartório eleitoral para a coleta de digitais e foto com o objetivo de votar nas eleições de 2018.

Ao atender dona Rosa, o servidor Marden Gomes Marinho se surpreendeu com a disposição da senhora, “caminhando sozinha e completamente lúcida”, disse.

A partir de 70 anos o eleitor não é mais obrigado a votar, e quem comprovar deficiência que impossibilite ou torne extremamente oneroso o deslocamento para realizar a revisão, mediante parecer médico, é dispensado de realizar o recadastramento.

Na 8ª Zona Eleitoral de Filadélfia a meta é revisar 17.079 eleitores. Até o momento já foram feitos 2.289 procedimentos. A Zona Eleitoral abrange ainda os municípios de Babaçulândia e Palmeirante. O horário de funcionamento do cartório eleitoral é de 11h às 18h. (TSE