Esporte

O futebol é, de longe, o esporte mais praticado no Brasil. Entre nossa população, que em censo de 2013 estava na linha dos 200 milhões de habitantes, cerca de 30 milhões jogam esse esporte. Ou seja, a média é de que, a cada quase sete brasileiros, um tem contato direto com a bola nos pés.

Mas o futebol não é tudo. Por mais que seja um esporte de fácil prática e com muitos entusiastas, há muito mais opções de modalidades que, inclusive no Tocantins, existe espaço para praticar e pessoas que jogam com frequência.

Para os mais fortes, o rugby é uma excelente pedida. Esse esporte, que aos poucos vem crescendo no Brasil e atingindo um bom patamar, é praticado em um campo grande e muito bom para trabalhar a resistência física e os músculos. Segundo o professor de educação física Renato Motta, esse esporte também é muito bom para desenvolver força, flexibilidade, velocidade, agilidade e equilíbrio.

Em Tocantins, o rugby também vem dando os seus passos. Mais cedo no ano, o Palmas Rugby foi tema de uma matéria do site Globo Esporte quando o time estava se preparando para a Taça Cerrado, disputada no Goiás.

Outro esporte de muito contato físico, semelhante ao rugby, é o futebol americano. Com equipes de futebol colocando seus nomes nas equipes, essa modalidade vem crescendo nos últimos anos e em Tocantins não é diferente. Na capital do estado, o time Palmas Titans é o mais ativo e realiza treinos regularmente.

Para o corpo, um dos principais benefícios do futebol americano é aumentar a densidade óssea. Como se trata de um esporte de contato o tempo todo, é natural criar uma resistência maior. “Aspectos motores são extremamente desenvolvidos, pois, são utilizados muitos dos movimentos mais naturais do ser humano como correr, saltar, mudar de direção, equilíbrio, conhecimento corporal, entre outros”, cita o treinador Alan Giamas, que também é professor de educação física.

Saindo do campo e do contato físico, outro esporte em ascensão é o poker, que trabalha muito bem o lado mental. “É um esporte que você ganha com o cérebro, é desafiante e muito bom”, segundo Ronaldo Fenômeno, que pratica o esporte há anos. Com um lado estratégico aflorado, o poker é um esporte secular e reconhecido oficialmente como modalidade esportiva pelo Ministério do Esporte. 

Em Palmas, o poker também é jogado. O lugar de mais destaque entre os jogadores é o Poker King Club, que no ano passado foi sede de um torneio que rendeu cerca de R$ 50 mil de premiação. Além disso, todos os anos é realizado o campeonato estadual do Tocantins.

Para fechar nossa lista, vamos para as quadras. A peteca é um esporte também em crescimento no Brasil. “Infelizmente, não sabemos quantos praticantes existem, mas é um esporte que tem crescido”, diz Márcio Alves Pedrosa, presidente da Confederação Brasileira de Peteca. Além da Confederação Brasileira, em Tocantins há uma federação, que inclusive promove torneios no estado. Em outubro do ano passado, foi realizado o campeonato estadual de peteca.

Seja no campo, na quadra ou na mesa, no cenário brasileiro há esportes além do futebol estão, aos poucos, ganhando espaço e relevância. Além disso, como é comprovado cientificamente, a importância física e mental desses esportes citados é excelente para o corpo.