Palmas

Foto: Aline Batista

Dos 250 mototaxistas e os 136 taxistas que circulam na Capital, somente 129 e 87, respectivamente, fizeram a vistoria anual que tem prazo finalizando nesta quinta-feira, 13. A vistoria anual acontece das 8 às 13 horas, no prédio da Secretaria de Segurança e Defesa Civil, na Avenida NS-02, antiga ATTM.

De acordo com a Diretoria de Fiscalização e Operação de Transporte, os permissionários  de taxi e mototaxi, que não realizarem a vistoria dentro do prazo poderão  pagar multa,  terem suas atividades suspensas e se persistirem  no erro,  terão os seus veículos  removidos  para o pátio da secretaria, e dependendo do caso,  a licença cassada.

A vistoria é uma exigência legal em que o mototaxista é submetido a cada seis meses, e o taxista anualmente. Na vistoria é verificado o estado do veículo, como freios, taxímetros, equipamentos de segurança, elétricos e hidráulicos.

Taxa de Vistoria 

A taxa de vistoria é de 20 Unidades Fiscais de Palmas (UFIP), correspondendo a R$ 62,40, mais um Documento de Arrecadação Municipal (DAM), R$ 3,12, totalizando R$ 65,52.

O diretor de Fiscalização e Operação de Transporte, Jocélio Santos, explica que “após aprovação no laudo de vistoria, os permissionários  recebem o selo de vistoria 2017”, estando assim apto para o serviço.

A vistoria anual é realizada por  dois agentes de Trânsito e Transporte, um servidor administrativo e um mecânico.