Polí­cia

Foto: Ascom SSP

No início da tarde desta última terça-feira, 23, a Polícia Civil, por intermédio da Delegacia Interestadual da Polinter e Capturas, deu cumprimento a um mandado de prisão preventiva em desfavor de Elenildo D. B., 26 anos. Ele é acusado pela prática do crime de estupro e foi capturado pela Guarda Metropolitana, quando se encontrava em uma avenida da quadra 1.204 sul, em Palmas. 

Conforme o delegado Reginaldo de Menezes Brito, titular da Polinter e responsável pelo caso, Elenildo foi abordado por guardas metropolitanos, em atitude suspeita e, após ser detido, foi conduzido à sede da Delegacia Especializada.

“Quando a Guarda Metropolitana encaminhou o suspeito para nossa delegacia, fizemos uma busca em nossos sistemas a respeito da vida pregressa do mesmo e conseguimos localizar um mandado de prisão preventiva pelo crime de estupro, que havia sido decretado contra ele, pelo juízo da 4ª Vara Criminal de Palmas e, desta maneira, cumprimos a ordem judicial”, ressaltou o delegado.

De acordo com a decisão judicial, Elenildo foi condenado a oito anos de prisão por estuprar sua própria mãe, em 2009. No entanto, após cumprir cinco anos da pena em regime fechado, o acusado obteve da justiça o direito de responder ao crime em liberdade, todavia, ele deixou de comparecer, mensalmente, ao Fórum da Comarca de Palmas, conforme havia sido determinado pela justiça.

Diante da quebra das condições impostas pela justiça, foi determinada a regressão do regime aberto para o fechado, com expedição de mandado de prisão, cumprido pela Polinter nessa tarde. Na Delegacia Especializada, o delegado Reginaldo de Menezes Brito cumpriu o mandado de prisão em desfavor de Elenildo que, após os procedimentos cabíveis, foi recolhido à carceragem da Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP), onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

O crime

No dia 15 de novembro de 2009, por volta da meia-noite, em uma chácara localizada na zona rural de Palmas, Elenildo Dias Barbosa, após constrangimento e ameaças de morte, estuprou sua própria mãe, uma senhora de 47 anos de idade. Na época dos fatos, ele foi preso, julgado e condenado pelo crime.