Polí­tica

Foto: Divulgação

O juiz eleitoral da 17ª Zona Eleitoral de Taguatinga, Gerson Fernandes, baixou a portaria nº 89 fazendo vigorar a Lei Seca na cidade a partir das 22 horas deste sábado, 3 de junho, até às 18 horas do próximo domingo dia 4.

De acordo com o comandante do batalhão da Polícia Militar da cidade, Wilian Ricardo Almeida de Oliveira, os comerciantes não poderão vender bebidas alcoólicas. “A Polícia Militar vai fiscalizar essa questão do comércio de bebidas alcoólicas nesse período anterior às eleições. As pessoas que forem pegas cometendo esse ilícito serão conduzidas até a delegacia para lavrar o flagrante”, disse.

Para o juiz eleitoral Gerson Fernandes, a Portaria visa atender à necessidade de manter a ordem e garantir a tranquilidade das Eleições Suplementares no domingo no município.

Candidatos

Concorrem na chapa a Volta do Progresso (PDT, PMN, PSC, PSD) o candidato a prefeito: Lúcio Renato José Pereira e José Aires Mendes Neto, vice-prefeito. 

A segunda chapa registrada é a Unidos por Taguatinga (PV, PV, PPS, PMDB, SD, PTN, PSB, PHS, PT, DEM, PRB), composta pelo candidato a prefeito: Altamirando Zequinha Gonçalves Taguatinga e João Pereira da Silva, vice-prefeito.          

As eleições em Taguatinga serão realizadas para os cargos de prefeito e vice-prefeito, após decisão proferida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), no Recurso Especial Eleitoral nº 240-20.2016.27.0017, mantendo o indeferimento do registo de candidatura de Paulo Roberto Ribeiro ao cargo de prefeito de Taguatinga nas eleições municipais 2016.

Paulo Roberto foi o mais votado nas eleições do ano passado, mas não pode assumir por causa de problemas com a Justiça Eleitoral