Educação

Foto: Divulgação

Será lançada nesta sexta-feira, 9, às 18 horas no hall da biblioteca da Universidade Federal do Tocantins (UFT) - Câmpus de Palmas, a revista It Magazine que é o resultado final do projeto experimental do acadêmico Henrique Lopes, 23 anos, do curso de Jornalismo.

It Maganize é uma revista especializada em moda, cultura e comportamento que busca refletir sobre a forma de como os jovens, homens e mulheres tocantinenses observam o ambiente em sua volta e constroem sua identidade cultural e de moda.

Disponibilizada em formato impresso e digital, a revista propõe ao seu leitor uma abordagem crítica e analítica sobre moda, cultura e comportamento, auxiliando o seu leitor na compreensão e difusão da cultura local, assim como os conceitos que envolvem o ambiente da moda. Buscando principalmente desmistifique os conceitos de moda e mostrar que sofisticação e glamour vão além dos recursos financeiros e roupas de grandes marcas.

Henrique Lopes fala que a ideia da revista é oferecer ao público deste segmento um periódico com conteúdo que se baseie na disseminação da produção cultural local, e que mostre a identidade de moda tocantinense. "É fazer o sentido oposto do que é realizado atualmente, como se diz no mundo da moda, "ditado". É mostrar que qualquer pessoa produz moda o tempo todo e que não existem mais padrões ou tendências, cada um tem identidades diferenciadas e devem ser ressaltadas”, revela.

Quando questionado qual foi o motivo de escolher falar sobre moda e ainda mais com essa abordagem, Lopes fala que sempre amou moda da mesma forma que sempre questionou a razão de não conseguir identificar a personalidade e ideia de moda tocantinense.“Outros lugares, como Paris, New York e São Paulo, tem suas identidades de moda definidas. Você olha e ver o estilo da cidade, das pessoas, mas não temos essa identidade formada dentro do Tocantins. A proposta da It Magazine é essa, de que o povo tocantinense crie sua própria moda de acordo com o ambiente que está inserido e sem os estereótipos ditados pelos grandes centros”, completa.

Essa primeira edição conta com colabores que já falam sobre moda e com outros que sentem essa necessidade de abordar sobre o jeito tocantinense de ser, sem se encaixar em padrões e que procuram desconstruir esses velhos modelos e assim construir uma identidade tocantinense e que abrace a todos. O foco é montar, após a apresentação, um coletivo para manter edições da revista on-line e tentar colaboração para lançar mais versões impressas.

Entre os colaboradores da revista estão o jornalista Fábio Almeida, os estudantes de jornalismo Louarna Abreu e João Pedro Monteiro, além do missólogo Jorge Honorato. O projeto ainda conta com ilustrações de design Jonathan Roberto e orientação da professora Maria de Fátima Albuquerque.