Polí­cia

Foto: Divulgação Drogas, aparelhos celulares e o drone apreendidos pela Polícia Civil Drogas, aparelhos celulares e o drone apreendidos pela Polícia Civil

Uma ação conjunta realizada, na noite deste último sábado, 17, por policiais civis da Delegacia Especializada na Repressão a Narcóticos (DENARC), e Agentes de Inteligência do Sistema Penitenciário resultou na prisão de três pessoas suspeitas de tentar introduzir drogas, celulares e mini-serras, para dentro da Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP).  

Conforme o delegado Guilherme Rocha Martins, responsável pelo caso, Ianca C. G, 21 anos, Wandalane G. S., 19 anos, Caique C. A., 24 anos de idade, além de um adolescente infrator de 17 anos, foram abordados e presos, em uma área de mata entre a TO-050 e o muro da CPP, no exato momento em que se preparavam para lançar um drone carregado com porções de maconha, celulares, além de pequenas serras, também conhecidas como “Ceguetas”, para dentro do pátio da CPPP.

Ainda de acordo com o delegado, a ação frustrada pela Denarc fazia parte de um plano de fuga e já vinha sendo investigada pela Delegacia Especializada, há algum tempo. Em poder dos indivíduos, os agentes apreenderam três porções de maconha de 150 gramas cada uma, vários aparelhos celulares, sendo alguns do modelo mini, bem como ceguetas, além do drone, que seria utilizado para lançar a droga e os telefones para dentro da CPPP.

Diante da situação, Wandalane, Ianca e Caique foram conduzidos à Central de Flagrantes da Polícia Civil, onde foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico. Em seguida, após os procedimentos cabíveis, as duas mulheres foram recolhidas a carceragem da Unidade Prisional Feminina de Palmas e o indivíduo foi encaminhado à Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP), onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário. O adolescente infrator foi entregue aos cuidados da Vara da Infância e da Juventude de Palmas.