Polí­tica

Foto: Divulgação

O deputado estadual Wanderlei Barbosa (SD) participou na noite dessa terça-feira, 25, juntamente com vereadores de Palmas/TO, de uma reunião com a maioria dos comerciantes e empresários da Avenida Tocantins, em Taquaralto.

Segundo os empresários da região, o projeto "Shopping a Céu Aberto" vem trazendo vários transtornos tanto para os comerciantes como também para toda a comunidade local. Ainda segundo os comerciantes, o projeto, da maneira com que está sendo implantado já traz inúmeros prejuízos, como o estreitamento da Avenida que tira mobilidade das pessoas, os espaços de estacionamento dos veículos estão sendo reduzidos, os retornos foram retirados ou diminuídos na sua maioria, sem contar que com o aumento de ciclovias e do canteiro central, o trânsito da região está sendo totalmente prejudicado.

De acordo com o deputado Wanderlei, a classe empresarial da região está apavorada com as modificações na Avenida. “É preciso ouvir as manifestações dos empresários, pois eles acreditavam em um projeto que viria para melhorar o comércio”, disse o parlamentar.  

Após o prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PSB), ter assinado, no dia 6 de junho de 2017 a ordem de serviços das obras da primeira etapa do projeto que deve custar mais de R$ 17 milhões, a obra chamou atenção do Tribunal de Contas do Estado (TCE/TO) que resolveu solicitar ao gestor, através de despacho, documentos e informações relacionados a implantação do shopping. O que levou o Tribunal de Contas a tomar a medida, foi pelo fato do alto valor da obra e a ausência de publicidade no Portal da Transparência do município.

Para o vereador Léo Barbosa (SD), que também participou da reunião, as queixas de quem vive do comércio local não podem ser menosprezadas. "Não sou contra o projeto, mas não podemos aceitá-lo da maneira com que está sendo implantado", disse. 

Os comerciantes mobilizam-se para impedir a obra do jeito que está, sem explicações, sem justificar de que maneira vai melhorar o comércio da região, que, segundo os comerciantes, está "matando" todo comércio da Avenida Tocantins.

Além de empresários, participaram da reunião, o deputado Wanderlei Barbosa (SD), os vereadores Léo Barbosa (SD), Milton Neris (PP), Vandim da Cerâmica (PSDC) e Lúcio Campelo (PR).