Educação

Foto: Marcio Vieira

Oportunizar a qualificação profissional a jovens e adultos é o objetivo principal do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), que iniciou as atividades do segundo semestre de 2017, nessa quinta-feira, 31, em Palmas. A aula inaugural, realizada no auditório do Palácio Araguaia, contou com presença dos cursistas, professores e técnicos do programa, do governador Marcelo Miranda, da secretária da Educação, Juventude e Esportes, Wanessa Zavarese Sechim e autoridades.

Só neste semestre, mais de 2.200 jovens e adultos de 24 municípios estão sendo atendidos pelo Pronatec no Tocantins, por meio da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc). A pasta é ofertante e demandante dos cursos disponibilizados pelo Ministério da Educação (MEC) nas modalidades Formação Inicial e Continuada (FIC), Rede E-Tec Brasil, e Ensino Médio Técnico (Mediotec).

Em seu pronunciamento, o Governador Marcelo Miranda destacou as chances de acesso ao emprego, possibilitadas pelo Pronatec. "Esse não é só um programa, é uma oportunidade de profissionalização. É uma forma de levar dignidade aos jovens e adultos que tiveram a coragem de buscar a qualificação para entrar ou para voltar ao mercado de trabalho. É importante dizer que o Pronatec hoje está funcionando plenamente, sem nenhuma pendência, dando essa oportunidade para quem quer vencer”, frisou.

A professora Wanessa enfatizou o apoio do Governo do Estado ao Pronatec. “O governador Marcelo Miranda tem apoiado de forma irrestrita o desenvolvimento da Educação do Tocantins. Só nesta gestão certificamos mais de 8 mil pessoas pelo Programa. E estamos dando continuidade dos cursos em todas as regiões do Estado visando contribuir para o desenvolvimento produtivo e econômico do Estado e para melhorar a qualidade de vida da  população tocantinense” ressaltou.

Um dos jovens que enxergou no programa uma forma de buscar qualificação profissional é o estudante do ensino médio, Flávio Silva de Sousa, de 20 anos, que vai cursar Hospedagem. “Eu decidi fazer o curso técnico como forma de buscar uma colocação no mercado de trabalho. Escolhi essa área porque acredito que terei muitas oportunidades porque o Tocantins é um estado que não para de crescer”, disse.

Mas o Pronatec não é um programa só para quem está iniciando a vida profissional. Lídia Ferreira de Alcântara, de 59 anos, é um das cursistas de 2017.  Segundo ela, apesar de ter experiências de diversas ocupações ao logo na vida, agora, ela vai iniciar o curso de Costura “para realizar um sonho antigo, de aprender a costurar para a família e ter uma renda extra”, relatou empolgada com a oportunidade de se profissionalizar.  

A titular da Seduc enfatizou ainda que os alunos do Tocantins estão sendo “preparas para o acesso ao ensino superior por meio do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), mas também oferecendo a chance de poder escolher fazer um curso técnico e entrar para o mercado de trabalho com qualificação”, ponderou Wanessa Sechim. 

Na solenidade, os cursistas e professores receberam materiais pedagógicos, que estão sendo disponibilizados pela primeira vez desde o inicio da execução do programa no Estado. os Kits contém apostilas por cursos e disciplinas, camiseta, pendrive, caderno, caneta, lápis, borracha,apontador, estojo e pasta. Durante a aula inaugural, os estudantes também conheceram a Plataforma EaD, onde são desenvolvidas parte das atividades dos cursos, e aprenderam sobre a metodologia de ensino do Programa.

Também participaram da solenidade a deputada Valderez Castelo Branco, o Defensor Público Geral, Murilo Machado, e o Secretário de Estado da Articulação Política, João Emídio. 

Cursos ofertados

A oferta dos cursos é baseada em um levantamento das necessidades de mercado e das potencialidades de cada região. O Pronatec atende a alunos matriculados no Ensino Médio Regular e na Educação de Jovens e Adultos (EJA), além de beneficiários dos programas do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Na modalidade presencial, o curso de Panificação, acontece em Barrolândia, Monte do Carmo, Lagoa do Tocantins, Gurupi, Itapiratins, Carmolândia e Piraquê.  Dianópolis, Cristalândia, Palmas, Ponte Alta do Bom Jesus recebem a formação de Mecânico de Bicicletas. O curso de Serigrafia será disponibilizado em Dianópolis, Paraíso, Gurupi, Palmas e Ponte Alta do Bom Jesus.

As cidades de Gurupi, Paraíso e Palmas foram contempladas com a formação de Instalação e Reparos de Redes de Computadores. Costureiro de Máquinas Retas e Overloque será disponibilizado em Piraquê e Palmas. Na Capital, também acontece o curso para Maquiador e, em Presidente Kennedy, a formação para Manicure e Pedicure.

Na modalidade EaD, a Rede E-Tec disponibiliza o curso de Agronegócio em Miracema, Formoso e Gurupi; Biblioteconomia em Palmas, Porto Nacional e Paraíso; Eventos em Araguatins; e Hospedagem em Palmas e Mateiros.

Por meio do Mediotec, estão sendo disponibilizados os cursos de Multimídia em Palmas, Taguatinga, Palmeirópolis e Guaraí. Araguaína e Tocantinópolis recebem a formação de Biblioteconomia, já Cooperativismo será ofertado na Capital e em Pedro Afonso. Em parceria com o IFTO são realizados os cursos EaD pelo Mediotec em Administração, Gerência em Saúde, Guia de Turismo, Informática para Internet, Marketing e  Meio Ambiente.

Por: Redação

Tags: Pronatec, Wanessa Sechim