Polí­cia

Foto: Divulgação

A Polícia Civil do Estado do Tocantins, por intermédio da 2ª Delegacia de Gurupi efetuou no último sábado, 28, a prisão em flagrante delito e também o cumprimento de mandado de prisão temporária de Valdecy D. G., vulgo "Índio", 32 anos.

Conforme o delegado Luis Francisco, titular da 2ª DP e responsável pelo caso, Valdecy é suspeito de praticar vários roubos e furtos, todos na modalidade qualificada, em propriedades rurais de Gurupi e Formoso do Araguaia, e foi capturado, quando encontrava-se em sua residência, em Gurupi.

Durante o cumprimento de Mandado de Busca e Apreensão Domiciliar foram encontrados na residência de Valdecy, situado no setor Campo Belo, diversos objetos provenientes dos crimes por ele praticados, como motosserras, furadeira, ferramentas, dentre outros itens, os quais foram devidamente reconhecidos pelas vítimas.

Na ocasião também foram apreendidas duas espingardas, sendo uma Cal. 12 e outra Cal. 16 e diversas munições na posse do investigado, as quais, mediante reconhecimento das vitimas, foram utilizadas na prática do crime de roubo ocorrido no dia 03/10/2017, em uma fazenda no município de Gurupi.

Na oportunidade, quatro indivíduos armados invadiram a propriedade e depois de render e amarrar as vítimas subtraíram vários objetos, entre eles, sete aparelhos celulares, Joias, aparelho de TV, dinheiro, ferramentas diversas e um Veículo Eco Sport, este localizado abandonado horas depois, às margens da BR-242.

Alguns dos objetos subtraídos por Valdecy também foram localizados na residência de sua mãe, na cidade de São Valério da Natividade. No momento do cumprimento do Mandado de Busca e Apreensão, os policiais civis observaram que havia no galinheiro da residência de Valdecy, aproximadamente 10 metros de grade semelhante a que cerca a Universidade Unirg de Gurupi.

Em razão das ações delituosas, além do crime de roubo qualificado, Valdecy foi autuado em flagrante delito pelos crimes de posse ilegal de arma de fogo e munições e receptação dolosa. Após os procedimentos legais cabíveis, o homem foi recolhido para a carceragem da Casa de Prisão Provisória de Gurupi, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário. 

Por: Redação

Tags: Polícia, Polícia Civil