Esporte

Foto: Marcos Filho Mais de 30 atletas devem participar do campeonato que terá premiações em dinheiro, troféus e medalhas Mais de 30 atletas devem participar do campeonato que terá premiações em dinheiro, troféus e medalhas

Quem já viu pessoas penduradas em uma barra sustentando o próprio corpo apenas com a força dos braços em academias ou em parques? Essa técnica de exercício funcional é chamada de calistenia e tem atraído cada vez mais adeptos em todo o mundo. Araguaína terá a primeira arena profissional para a prática a partir desse sábado, 10. Implantada pela Prefeitura no Parque Cimba, a inauguração contará com o 2º Campeonato Municipal, a partir das 15h30.

O esportista Rodrigo Silva pratica a calistenia há um ano e meio e festeja o novo espaço na cidade. “Antes treinávamos na praça do Setor Coimbra. Quando foram implantadas as academias no Cimba, com barras de mais qualidade, fomos praticar no local. Agora, com a inauguração da primeira arena de Araguaína, tem várias barras pela cidade, mas nenhuma com qualidade como essas, com a extensão certa, com o espaço certo, com caixa de areia”.

A arena tem 11 por 6 metros de extensão e conta com sete equipamentos: três barras altas, uma marinheiro, uma paralela, uma barra alta e baixa e uma tipo escada. De acordo com os praticantes, o novo espaço é ideal para as manobras devido às barras serem mais largas e proporcionarem melhores execuções das manobras.

“Tudo que a gestão puder fazer para incentivar os jovens ao esporte é muito importante. O esporte é vida e tira os jovens do mundo das drogas, da violência. Estamos dando oportunidade para uma nova geração e o Município tem feito o seu papel. Para quem pratica o esporte, qualquer incentivo já é muito importante”, afirmou o prefeito em exercício, Fraudneis Fiomare.

Aumento de praticantes

Ainda de acordo com o esportista Rodrigo, antes da construção do Parque Cimba e das 12 academias ao ar livre nos bairros e espaços de lazer, eram apenas 10 praticantes da calistenia na cidade. “Hoje são mais de 100 pessoas que praticam e acreditamos que irá aumentar com a arena”.

Além do aumento no número de praticantes, a participação de mulheres na calistenia também é esperada. “Queremos atingir o público feminino. Quem não pratica com medo de se machucar, com a arena acredito que poderá realizar o esporte com mais segurança”, disse um dos praticantes, Valdo Oliveira, acrescentando que qualquer pessoa pode realizar as manobras da calestenia, já que o exercício é adequado para cada idade.

Campeonato

Os organizadores do 2º Campeonato Municipal de Calistenia esperam que mais de 30 praticantes participem da competição, superando o número de participantes da primeira edição.

Cada atleta terá três minutos no estilo street workout, que é a combinação de manobras livres na barra. “O julgamento será na sua forma de aplicação, diversificar e mostrar resistência, dificuldade. A dinâmica também será avaliada nas modalidades amadora e avançada”, explicou Oliveira.

A premiação será em dinheiro, troféus e medalhas. As inscrições para o campeonato são gratuitas e poderão ser feitas no local do evento.

Mais sobre calistenia

Calistenia é um tipo de ginástica funcional que pode ser feita com bastões, flexões de braço, abdominais, barras fixas, saltos, corrida, entre outras atividades. Este tipo de exercício melhora o condicionamento físico e ajuda a emagrecer.

O método da calistenia trabalha com a força corporal e os exercícios usam o peso do corpo como carga para flexões e abdominais. A modalidade de ginástica tem origem sueca e atua com a divisão de oito grupos de exercícios localizados. A técnica da calistenia foi criada pelo Dr. Lewis e pela Associação Cristã de Moços. A finalidade era promover a saúde e aprimorar a aptidão física das pessoas.