Esporte

Foto: Divulgação

Evandro Amaral  e Marco Aurélio (Palmas Cycling Team), Bruno Pereira(Elias Esportes), na categoria Open, André Kcond (EGB), Márcio Betel(Betel Diesel) e Leandro Calixto (Girassol/Pequi Race), na Master A, além de Euvaldo Carvalho (Girassol/Pequi Race), na categoria Master B, são os atletas da Liga de Ciclismo Federados do Bolão (FDB) que irão representar o ciclismo palmense no 3º Desafio Fernando Bicicletas 100 km de Ciclismo, que será disputado no autódromo internacional da capital goiana, a partir das 7 horas no domingo, 1º de abril.

A prova oferece R$ 12 mil em premiação para as categorias Juvenil, triatletas ( masculino e feminino), open (17 a 39 anos), master A (40 a 49 anos) e master B (50 anos acima).

Marco Aurélio avalia a prova como oportunidade para testar o corpo nesse início de temporada. "A prova terá atletas muito fortes, mas vamos com a meta de andar junto e tentar ir pra chegada, vamos ver como o corpo vai reagir em uma prova dura como essa".

Para Evandro Amaral a prova é um teste em sua preparação para o ano. "Será minha primeira prova do ano com três dígitos na quilometragem e fora do Estado, então acredito que vai apontar parâmetros para onde seguir no treinamento desse ano, em que as principais provas são de estrada", afirma.

André Kcond conta que vai em busca de ritmo e experiência. "Um prova com mais de 200 atletas de alto nível sempre agrega aprendizado e crescimento", diz. "Vou encarar com toda a minha vontade e determinação".

Leandro Calixto, na master A, afirma que buscará se manter na ponta. "É uma prova cobiçada e nível alto, mas vamos fazer força para conclui-la no pelotão", diz.

Márcio Betel também larga com o intuito de concluir a prova em boa posição. "As provas goianas exigem sempre muito ritmo e força e vamos participar com o objetivo de nos segurarmos no pelote e lutar por um bom resultado".

Bruno Pereira retorna às competições e correrá com uma equipe de Goiás, onde fez seu treinamento de base. "É sempre desafiador competir em Goiás e vamos trabalhar em equipe para tentar brigar pelo título da prova".

Já Euvaldo Carvalho, único representante de Palmas na master B, diz que sua motivação é "concluir a prova com bom resultado, por ser a primeira do ano fora do Tocantins, após ter migrado de categoria". Para ele, o desafio é "andar junto com os atletas mais experientes e representar bem o ciclismo do Tocantins em outros estados".

Até esta quarta-feira haviam 307 atletas inscritos para a prova com 189 já confirmados para ir disputar a prova, organizada pelo Instituto Brasileiro de Esporte Cultura Educação e Lazer.

Clique aqui para mais informações sobre a prova