Polí­cia

Foto: Divulgação

A Polícia Civil do Tocantins, por intermédio da Delegacia Interestadual de Polinter e Capturas, efetuou, na manhã desta quinta-feira, (5), a prisão de José A. da S. G., de 71 anos de idade. Ele é acusado de agredir a ex-companheira com óleo quente, crime praticado no dia 4 de julho de 2015, na região norte de Palmas, e foi capturado, mediante cumprimento a mandado de prisão preventiva, cumprido por policiais civis da Polinter, comandados pela delegada Suraia Carvalho Vilela.

De acordo com a delegada, logo após o crime, a Delegacia Especializada no Atendimento a Mulher (DEAM), deu início as investigações, as quais apontaram que José era, de fato, o principal suspeito pelo crime, que teria sido motivado por uma crise de ciúmes do idoso.

Desta maneira, ele teria aguardado sua ex-companheira retornar para casa e quando a mesma se encontrava dormindo, José Alonso aqueceu um recipiente com óleo e jogou sobre o tórax e o rosto da vítima, ocasionando graves queimaduras, fazendo com que a mesma permanecesse vários dias internada a fim de se recuperar da agressão.

Após o fato, o indivíduo fugiu de Palmas e passou a ser considerado foragido da Justiça, uma vez que a delegada Titular da Deam representou, junto ao Poder Judiciário, pela prisão preventiva dele, a qual foi deferida, cerca de um mês após o crime. Dessa maneira, as buscas foram iniciadas com o objetivo de localizar o paradeiro do acusado.

Nesse meio tempo, o homem passou algum tempo fora de Palmas, mas, há alguns dias retornou para a Capital. Através das investigações, os policiais civis da Polinter, descobriram que ele estava escondido em uma residência na Quadra 603, Norte e, desta maneira, o mesmo foi capturado, e conduzido à Casa de Prisão Provisória de Palmas, (CPPP), onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.