Polí­tica

Foto: Ascom O deputado alertou que todos os cidadãos são responsáveis para garantir a efetividade das políticas públicas para a população O deputado alertou que todos os cidadãos são responsáveis para garantir a efetividade das políticas públicas para a população

Deputado Paulo Mourão (PT) fez visita ao Projeto Assentamento (PA) Salumira no município de Dois Irmãos. A visita foi realizada nessa última quinta-feira, 12. No encontro o deputado ressaltou que “Se nós juntos pensarmos em transformar o Tocantins, nós vamos mudá-lo, mas é preciso pensar a mesma coisa e pedir a Deus que nos ilumine a todos”.

Mourão foi categórico ao destacar a necessidade da população unir forças e com consciência coletiva escolher bem os seus governantes. Ele alerta que só com bons gestores, que se preocupam com o povo, é possível operar a transformação social que não só o Tocantins precisa, mas todo o Brasil. “Quando os estados têm governadores e o Brasil que não sabem o que é produzir no campo, eles não dão atenção à agricultura familiar. Notem a diferença de quando era o Lula presidente e o que é agora o atual presidente. Não tem mais nada acontecendo”, lembrou.

Com mais de 13 milhões de brasileiros desempregados, Mourão avaliou que o país e os avanços da economia popular pararam e a prisão do ex-presidente Lula é uma forma de frear ainda mais a soberania e o desenvolvimento da população brasileira. “Eles (a elite brasileira) estão com medo do Lula ser de novo presidente e assim retomar os avanços sociais, por isso prenderam ele sem prova”, equacionou Mourão ao destacar que todo o mundo está se mobilizando para vir exigir que soltem Lula.

Ao lembrar presidentes como Juscelino Kubitscheck, Getúlio Vargas e João Goulart, o deputado destacou que eles também sofreram por decidirem trabalhar pela evolução do povo brasileiro e romperam com o poderio do Capital. “Não estou fazendo a discussão do Partido dos Trabalhadores, estou falando de justiça. O que eu quero é trabalhar por esse estado e ajudar no desenvolvimento das pessoas e para isso acredito que precisamos trabalhar juntos e fomentar a consciência do povo tocantinense”, avaliou Paulo Mourão.

O deputado alertou que todos os cidadãos são responsáveis para garantir a efetividade das políticas públicas para a população. “Hoje temos um grande número de políticos que são irresponsáveis e que estão ai só para ter mandato e enganar o povo, agora o mais importante é o cidadão e a cidadã saber que o político descompromissado está lá porque foi o povo que votou nele. É o povo que tem que saber, que não pode votar em pessoas sem compromisso. É preciso saber como votar, em quem votar”, atentou o deputado.

Compromisso

Paulo Mourão lembrou que na sua última visita ao PA Salumira encaminhou alguns pleitos como a ambulância, que foi adquirida e hoje serve para garantir uma saúde de qualidade à população. Ele falou ainda do projeto de poço artesiano com a tubulação, que mesmo com a emenda destinada no ano passado, o recurso não foi liberado pelo governo do Estado, o que reflete em prejuízos para as 118 famílias que vivem no assentamento.

“Eu como deputado tenho que fazer a emenda, o prefeito fez a parte dele, só que esbarramos na situação do Estado, que está parado. Não acontece nada no Tocantins, não tem programa nenhum acontecendo, e os projetos que eram para estimular a economia popular estão parados”, informou o deputado ao ressaltar que “se a população do campo tem renda, compram na cidade, e a cidade tendo o que vender, tem mais condições de gerar emprego e receita para o município; é assim que circula o dinheiro na comunidade”.

No sentido de buscar meios para que a comunidade do PA Salumira alcance o desenvolvimento almejado, o deputado se comprometeu a intermediar uma reunião no Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) para encaminhar as demandas da comunidade. “De lá vou a Brasília ver o que acontece. O governo do estado não pagou o dinheiro e vamos correr atrás para saber o porquê. Vamos lá e levar os ofícios, vamos trabalhar para garantir o melhor”, finalizou o deputado.