Polí­cia

Foto: Rondinelli Ribeiro Sede da Comarca de Taguatinga Sede da Comarca de Taguatinga

O juiz Iluipitrando Soraes Neto, da Vara Criminal e Execução Penal da Comarca de Taguatinga, decidiu levar a Júri Popular os acusados de matar um adolescente a facadas em Ponte Alta do Bom Jesus. A sentença de pronúncia foi publicada nesta terça-feira (17/04).

Edvanio Pereira dos Santos, Edson Pereira e Jussivano Almeida da Silva respondem pelo crime. Segundo consta nos autos, no dia 31 de dezembro de 2017, o adolescente Adriano Vicente da Silva foi esfaqueado durante uma festa no balneário de Ponte Alta do Bom Jesus. Os suspeitos foram presos no mesmo dia, em Taguatinga/TO. Durante inquérito, Edvanio confessou ter atraído a vítima para o fundo da festa, enquanto Jussivano e Edson teriam sido os autores dos golpes.

O juiz manteve a prisão preventiva do trio e entendeu que, embora a defesa negue a autoria do crime, existem fortes indícios que os réus teriam criado uma emboscada para Adriano, sem dar direito de defesa à vítima. "Portanto, ante o exposto e por tudo mais que nos autos consta, julgo procedente o pedido constante na denúncia e pronuncio os réus sob a acusação de praticar a conduta prevista no artigo 121, § 2º, incisos IV e V do Código Penal", sentenciou o magistrado.

Confira aqui a sentença.