repressão

  • |Divulgação
    Estado 28/10/2008 14h58 Redação

    Militares relatam morte de guerrilheiros do Araguaia

    O ex-soldado Jairo Pereira, 58, conta que no cemitério de Xambioá (TO) acompanhou o enterro de um guerrilheiro em junho de 1972. Ele dirigiu o jipe que levou o cadáver ao cemitério. Segundo Pereira, com ele estavam um sargento e um cabo ...