Esporte

O Araguaína, que terminou a primeira fase do Campeonato Brasileiro da Série C na liderança do grupo 3, está fora da competição. Nesta sexta-feira, a equipe foi punida por escalar um jogador amador e perdeu 12 pontos, caindo para a lanterna da chave, com -1 ponto.

A pena foi decidida por unanimidade de votos no julgamento desta sexta. Além de ter sido desclassificado, o clube de Tocantins ainda terá de pagar uma multa de R$ 1 mil por ter infringido o artigo 214 do CBJD.

Assim, o Imperatriz ficou com a liderança do grupo. Com a mudança de posição, a equipe agora foi para a chave 17 da segunda fase. Já o Ananindeua assumiu a segunda colocação, conseguindo sua vaga na próxima etapa do torneio, no grupo 18.

Por conta da decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), o jogo entre Araguaína e Tuno Luso e o confronto entre Imperatriz e Nacional, ambos marcados para este domingo, foram cancelados.

A CBF ainda pretende divulgar a nova tabela da Série C, mas já é certo que o Ananindeua encara o Barras na próxima quarta-feira, às 16h (horário de Brasília), no Piauí. No mesmo dia, o Imperatriz mede forças com o Sampaio Corrêa, às 20h30 de Brasília, no Maranhão.

Gazeta Esportiva

Por: Redação

Tags: Esporte, Justiça, Tocantins