Polí­tica

O presidente do Conselho de Ética, senador Leomar Quintanilha (PMDB-TO), manifestou-se hoje contrário à idéia patrocinada pelo PT de juntar todas as representações contra o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). Ele lembrou que a idéia, defendida pelo PSOL no início do processo, foi rejeitada por não ter amparo regimental. Ainda assim, ele disse que submeterá a proposta à votação dos membros do Conselho.

A Mesa do Senado decide amanhã se encaminhará ao Conselho a terceira denúncia contra Calheiros, a de que ele estaria envolvido num esquema de coleta de propina nos ministérios comandados pelo PMDB. A segunda representação, a de que teria ajudado a Schincariol na Receita Federal e no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), está pronta para ser votada. A terceira delas, sobre a suposta sociedade de Renan com o usineiro João Lyra, não tem ainda nem relator.

Fonte: Agência Estado

Por: Redação

Tags: Leomar Quintanilha, Política, PT, Senado