Palmas

das atividades que passarão a fazer parte do trabalho de identificação e eliminação dos focos do mosquito Aedes aegypti, mosquito transmissor da Dengue, desta forma garantindo a diminuição e controle da incidência da doença na Capital.

Além das novas ações que serão apresentadas, a Prefeitura continua com as parcerias entre as secretarias em prol do compromisso de combater a Dengue, como por exemplo o trabalho em conjunto com a secretaria municipal de Educação. "Através de campanhas educativas nas escolas, as 28 mil crianças do ensino fundamental estarão nos ajudando, conscientizando os pais quanto a deixar limpos os quintais e evitar possíveis criadouros de mosquito", enfatiza Samuel Bonilha, secretário municipal de Saúde.

A Agência de Serviços Públicos (Agesp), responsável pela limpeza pública da Capital, é outra parceira importante na intensificação das atividades de combate à doença. A Prefeitura conta ainda com a parceria do Sistema Fecomércio, Exército, Ulbra, secretarias municipais de Infra-Estrutura, do Meio Ambiente, de Desenvolvimento Urbano e Habitação, entre outros.

Combate à Dengue é responsabilidade de todos

De acordo com o resultado do Levantamento Rápido de Índice de Infestação Predial (LIRAa), aproximadamente 80% dos focos do Aedes aegypti são encontrados em residências, na época de maior incidência de chuvas na Capital.

Assim, o poder público municipal, além de intensificar as ações, pede a colaboração da população no combate ao mosquito, mantendo suas residências limpas e eliminando possíveis focos.

Para Bonilha, o trabalho de conscientização da comunidade e a promoção das novas ações são fatores relevantes, que juntos darão um rumo positivo contra a doença.

Ascop

Por: Redação

Tags: Crianças e Adolescentes, Palmas