Palmas

17 estudantes e professores da Escola Municipal Henrique Talone apresentam nesta sexta-feira, 7, à comunidade escolar as experiências adquiridas durante a excursão inclusiva realizada na aldeia Wari-Wari da etnia Javaé no município de Formoso do Araguaia, entre os dias 06 a 09 de setembro de 2007. Os detalhes do intercâmbio cultural e os trabalhos desenvolvidos no encontro, serão apresentados, a partir das 8 horas, na Feira de Ciência promovida pela escola.

Desenhos, fotografias, pinturas indígenas do artista plástico Marcos Dutra e até um dicionário da etnia Javaé confeccionado pelos alunos após a excursão, podem ser conferidos na exposição. Outro destaque da feira será a presença de alguns indígenas da etnia Xerente da Aldeia do Salto, dos quais um já foi aluno da escola.

Excursão Inclusiva

Durante a excursão a aldeia Javaé Wari-Wari os alunos puderam vivenciar novas experiências tais como: Caminhada Ecológica, visita a aldeias, palestra sobre Reserva Indígena, dentre outras. O objetivo era promover um intercâmbio cultural entre estudantes do município de Palmas com comunidades indígenas.

A excursão foi realizada pela Organização Não Governamental (ONG), ECOTERRA, em parceria com a Secretaria Municipal da Educação e Cultura (Semec), por meio da Coordenação Indígenas, da Gerência de Educação especial e Ruraltins.

Para a professora de Educação física Terezinha Goretti Agostini a experiência serviu para mudar seus conceitos "fiquei muito surpresa com os indígenas, pois fazia uma idéia muito diferente do que eu vi. Aquela imagem que eu tinha de que o índio era perigoso, preguiçoso e indisciplinado, foi totalmente apagada" afirmou.

Já para a aluna Leila Ribeiro a viagem foi divertida. "Conheci muitas pessoas diferentes, adorei andar de balsa, vimos jacarés, inclusive peguei em um jacaré, foi muito divertido" finalizou.

Iolete Marques

Ascop

Por: Redação

Tags: cultura, Indígenas, Javaé, Palmas