Economia

O ministro da Previdência Social, Luiz Marinho, anunciou na última quarta-feira (5) que os comprovantes de rendimentos de aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional de Seguro Social) serão enviados para suas casas.

A decisão foi feita em reunião com representantes da Comissão Permanete de Valorização do Idoso, e prevê que o envio do documento será feito duas vezes ao ano, em julho e dezembro, e irá informar os rendimentos de cada semestre.

Primeira remessa será enviada até fevereiro

De acordo com informações da Previdência Social, o primeiro comprovante será enviado entre os meses de janeiro e fevereiro do próximo ano, e terão os valores de todo o ano de 2007.

O prazo maior para a primeira remessa é devido ao fato de que a Dataprev consegue processar somente 700 mil comprovantes por dia, o que significa que são necessários 50 dias para rodar os 20,3 milhões de documentos.

Os comprovantes serão enviados pelos Correios, para os beneficiários, à medida que forem processados.

Aposentados têm dificuldade de acesso aos dados

Atualmente os aposentados e pensionistas podem obter o comprovante de rendimentos do mês acessando a página de internet do Ministério da Previdência Social. Porém, como muitos desses beneficiários não têm acesso a internet, as entidades representativas reivindicavam o envio do documento à casa dos segurados.

Para o ministro Luiz Marinho, a opção por enviar apenas dois comprovantes por ano foi feita porque os benefícios dessas pessoas não correm risco de interrupção, o que torna o envio mensal desnecessário.

"Com o envio semestral, eles não terão dificuldades para comprovar renda, uma vez que o reajuste da categoria é anual e o benefício é garantido", afirmou Marinho.

O comprovante não será enviado para aqueles que recebem benefícios assistenciais ou que estão em auxílio-doença.

InfoMoney

Por: Redação

Tags: Economia