Campo

Levando aos agricultores alternativas para promover a sustentabilidade ambiental, o governo do Estado, por meio da Seagro – Secretaria da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e do Ruraltins – Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins, realiza nesta semana, de 17 a 21, Curso de Biojóias, no município de Xambioá, a 507 km de Palmas.

O curso acontece a partir das 14h desta segunda-feira, 17, no Projeto de Assentamento Caçador, para 15 agricultoras familiares. Por meio do curso, as agricultoras aprendem a aproveitar várias sementes do cerrado como o olho de boi, mucunã, jatobá, flamboyant e outras na produção de artesanatos. Segundo a técnica do Ruraltins que ministra o curso, Dorivan Alves Borges, todas essas sementes são encontradas na região do assentamento, "são sementes nativas do cerrado que podem ser utilizadas e agregadas valores fortalecendo o desenvolvimento sustentável da região", ressaltou.

Simone Barbosa, chefe da Unidade Local de Execução de Serviços do Ruraltins em Xambioá, comenta que ainda incentivará as agricultoras a fazerem seus artesanatos, dando oportunidade para que possam vender em feiras e eventos na cidade e mesmo fora da região.

Projeto de Assentamento Caçador

O Projeto de Assentamento Caçador existe há 10 anos e está localizada a 22 km de Xambioá, onde moram 86 famílias. O Ruraltins realizou cursos de olericultura, galinha caipira melhorada e outros no assentamento, sendo que a principal fonte de renda do PA Caçador é o bovino de leite.

Secom

Por: Redação

Tags: campo