Polí­tica

Dos 5.564 municípios brasileiros, 76 poderão ter segundo turno nas eleições municipais deste ano, de acordo com levantamento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Esta situação só recai sobre municípios com mais de 200 mil eleitores, como determina a Constituição Federal (artigo 29, inciso II), e quando nenhum dos candidatos consiga a maioria absoluta dos votos no primeiro turno.

Segundo o último levantamento do TSE, divulgado em outubro de 2007, 74 cidades teriam alcançado a marca dos 200 mil eleitores. Agora, estão incluídas Uberaba (MG), com 200.088, e Guarujá, com 200.027.

Entre as capitais, estão fora do segundo turno: Rio Branco (Acre), Boa Vista (Roraima) e Palmas (Tocantins). Brasília é o quinto município em número de eleitores - 1.662.422 - mas como não possui Prefeitura, não foi contabilizada na lista. No caso de Rio Branco, faltam 5.161 eleitores para que a cidade possa estar habilitada a um segundo turno.

São Paulo continua sendo o maior eleitorado do país, com 8.089.914 eleitores, seguido do Rio de Janeiro, com 4.526.330; Belo Horizonte, 1.741.601; e Salvador, 1.720.283.

Esses números podem ainda sofrer alterações até 7 de maio deste ano, quando se encerrará o alistamento eleitoral, e as revisões do eleitorado, realizadas até o dia 31 de dezembro do ano passado, terão os números consolidados. Além disso, três municípios terminarão suas revisões apenas em 31 de março: Fátima do Sul (MS), São João Batista (SC) e Colorado D'Oeste (RO), pois participam do projeto-piloto de cadastramento eleitoral por sistema biométrico. Os números definitivos dos eleitores em todo o país deverão ser divulgados pelo TSE em junho.

Fonte: TSE

Por: redação

Tags: Brasil, Política, Segundo Turno