Geral

No Brasil, há 20,6 milhões de crianças com idade até 6 anos, o que equivale a 11% da população. Trata-se da maior população das Américas nessa faixa etária. Desse total, 11,5 milhões vivem em famílias com renda mensal per capita inferior a meio salário mínimo – mais da metade é negra e 4,7 milhões são de famílias beneficiadas pelo Bolsa Família. Os números constam no relatório Situação Mundial da Infância 2008, divulgado hoje (22) pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

A edição brasileira do relatório deste ano tem como foco os seis primeiros anos de vida, a chamada primeira infância, considerada fundamental para o desenvolvimento físico e mental do indivíduo. De acordo com o Unicef, o Brasil avançou em inúmeras áreas. Caíram a mortalidade infantil e o índice de desnutrição e, pela primeira vez desde 1999, nenhum estado brasileiro apresentou Índice de Desenvolvimento Infantil (IDI) abaixo de 0,500, que o Unicef considera baixo.

Em 1999, sete estados tinham IDI baixo. Naquele ano, nenhum estado tinha IDI elevado (acima de 0,800). Em 2006, São Paulo, Santa Catarina e Rio de Janeiro registraram índice acima de 0,800. Os menores IDIs estão no Nordeste (0,647) e Norte (0,655) do país.

No que se refere à mortalidade infantil, o relatório mostra que houve acentuada redução de 1990 a 2006.

 

Fonte: Agência Brasil

Por: redação

Tags: Infância, Unicef