Palmas

Os moradores da comunidade "Setor Mamédio" que ocupa irregularmente áreas de preservação do Córrego Machado receberão da prefeitura de Palmas no próximo sábado (23),  44 unidades habitacionais. As famílias serão realocadas para outra área e a entrega das unidades será a partir das 16h, na quadra 30-A, do Jardim Aureny III, quando o prefeito Raul Filho, juntamente com demais autoridades, passará as mãos dos beneficiários a chave da tão esperada casa própria.

A construção dessas 44 casas faz parte do Programa Habitação de Interesse Social (PHIS), desenvolvido com recursos do Orçamento Geral da União (OGU), com contrapartida da Prefeitura Municipal de Palmas. Também são parceiros do programa o Governo do Estado e a Caixa Econômica Federal.

Os futuros moradores dessas unidades habitacionais ocupam irregularmente as chácaras 47, 48 e 50, às margens do Córrego Machado, configuradas como APP (Área de Preservação Permanente). Essa área é considerada como de risco e não propícia para o uso habitacional.

Através da construção dessas 44 casas, a Prefeitura de Palmas irá promover melhoria na qualidade de vida das famílias beneficiadas, pois, a partir do próximo sábado, irão morar em uma área regularizada, dotada de infra-estrutura básica, aliada a um processo de mobilização e organização comunitária.

O total do investimento é de R$ 661.113,22. Além do terreno, a Prefeitura, também entrou com a contrapartida de mais de R$ 60 mil, e o Governo do Estado, com o Cheque Moradia, no valor de R$ 1.500,00 por família, para a construção de mais um cômodo (quarto).

Da redação com informações da Ascop

Por: redação

Tags: Habitação, Palmas