Polí­tica

Foto: Divulgação Grupo de facilitadores capacitados Grupo de facilitadores capacitados

A Executiva Estadual do PT, realiza no interior do Estado, nesse final de semana, 23 e 24 as primeiras oficinas do Planejamento Participativo do PT. Os facilitadores que foram capacitados, no último domingo, 17, ministrarão nesta primeira etapa, oito oficinas envolvendo 84 diretórios dos 136 municípios em que o PT está organizado. Ao todo serão ministradas 13 oficinas, restando para o mês de março, apenas cinco oficinas para a conclusão dos trabalhos.

A agenda que se inicia hoje, 23, acontece ao mesmo tempo em cinco cidades. Em Tocantinópolis o Partido reúne no campus da UFT com dirigentes e filiados de 13 municípios. Em Araguaína e Paraíso na câmara municipal e conta respectivamente, com representantes de 14 e 10 municípios. Já em Colinas do Tocantins acontece nos Pioneiros Mirins com dirigentes de 11 municípios. Em Santa Maria a oficina acontece no Centro Comunitário, com representantes de 6 municípios.

No dia 24 de fevereiro, domingo, a agenda também será simultânea e começará nas cidades de Sampaio, com representantes de 12 municípios; Guaraí com representantes de 10 municípios e Marianópolis com dirigentes de 8 municípios, com exceção de Sampaio, que realizará a oficina no centro comunitário, os demais realizarão as oficinas nas câmaras municipais

A metodologia escolhida para os trabalhos das oficinas é conhecida como METAPLAN. O método consiste no uso de tarjetas coloridas em cartolinas recortadas, e agrega a já conhecida tempestade de idéias vinda dos participantes, na busca de metas e ações conjuntas para as questões levantadas. "Escolhemos essa metodologia a partir de uma ampla discussão, por entender que ela consegue envolver toda militância como agente participativo desse processo." Afirma o Presidente Estadual do PT, Donizeti Nogueira.

Planejamento Participativo

O Planejamento Participativo do PT foi lançado, no dia 30 de janeiro de 2008, na Assembléia Legislativa, e tem como objetivo promover a participação da militância na gestão partidária. Entre os pontos sugeridos para a discussão está a Formação Política; Organização Partidária; Setoriais; Movimentos Sociais; Comunicação; Finanças; Eleições 2008 e Modo Petista de Governar.

Por: redação

Tags: Donizeti Nogueira, Política