Economia

Com o objetivo de dar continuidade as ações do Projeto Empreender no Estado do Tocantins em 2008, o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Tocantins (Sebrae) e a Federação das Associações Comerciais e Industriais do Estado do Tocantins (Faciet), assinam hoje, 26/02, às 15 horas, no auditório do Sebrae, o convênio de cooperação financeira.

Na oportunidade também serão assinados os convênios de cooperação técnica com os presidentes das Associações Comerciais e Industriais das cidades de Palmas, Paraíso, Gurupi, Araguaína, Colinas, Guaraí, Tocantinópolis e Dianópolis.

Estarão presentes na assinatura dos convênios o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae, Júnior Marzola; o diretor-superintendente do Sebrae, Paulo Massuia; a diretora-técnica do Sebrae, Maria Emília Jaber; o presidente da Faciet, Jarbas Luis Meurer; presidentes das associações comerciais e industriais, entre outros convidados.

Para a diretoria-técnica do Sebrae, Maria Emília Jaber este é o papel do Sebrae, promover a competitividade e o desenvolvimento sustentável das micro e pequenas empresas e fomentar o empreendedorismo. “Através da metodologia diferenciada do Projeto Empreender, empresários do mesmo segmento descobriram que a parceria pode ser o caminho para o crescimento sustentável das suas empresas”, pontua a diretora.

O superintendente do Sebrae, Paulo Massuia enfatiza que a assinatura deste convênio veio para reforçar mais uma vez o compromisso do Sebrae com os micro e pequenos negócios do Tocantins. "Temos alcançado excelentes resultados com a organização de vários segmentos empresariais no Estado, melhorando a gestão destas empresas, prospectando novos produtos, serviços e formas de atuação no mercado local e contribuindo para a criação de novos postos de trabalho", ressalta.

Sobre o Projeto

No Tocantins o projeto iniciou em 2002 e está presente em oito cidades do Estado. Hoje existem 28 núcleos envolvidos no projeto atendendo mais de 450 empresários da indústria, comércio, serviços e agronegócios.

O Projeto Empreender tem como proposta trabalhar com a formação de núcleos setoriais, ou seja, empresários das micro e pequenas empresas que se reúnem regularmente para tratar de problemas que são comuns e ao mesmo tempo buscar soluções conjuntas. Esta iniciativa impede o isolamento das empresas e favorece a troca de experiências entre o grupo e o desenvolvimento organizacional das associações comerciais e industriais.

Fonte: Ascom Sebrae

Por: redação

Tags: Economia, Faciet, Sebrae Tocantins