Estado

Foto: Valerio Zelaya

Oficinas motivaram a apresentação de sugestões para melhorar Xambioá, desde aspectos econômicos e sociais, durante o Fórum de Desenvolvimento Estratégico do município, promovido pelo governo do Estado e a Votorantim Cimentos na tarde desta sexta-feira, 29. Foram apresentadas propostas como a criação de mais cursos profissionalizantes e o incentivo de atividades que estimulem o emprego, renda e ações de prevenção à exploração sexual infantil.

O pintor Alonso Pereira Frazão, de 32 anos, ficou satisfeito com a oportunidade. “A população daqui não acreditava que as coisas fossem acontecer e hoje vemos as oportunidades aparecerem, só basta agora nosso esforço e dedicação”, disse. Avilson Ferreira da Silva, de 41 anos, é lanterneiro e tem projeto de instalar uma lavanderia. “Estão vindo muitas firmas pra cá e os trabalhadores não têm tempo de lavar roupa, então vou aproveitar e colocar a família para trabalhar”, disse.

As oficinas atraíram inclusive crianças, como Wendrik Lomeu Cardoso, de 9 anos. O menino foi um dos mais participativos na Oficina de Desenvolvimento Sustentável, com propostas que chamaram a atenção, a exemplo da capacitação do trabalhador rural e da cidade.

Os assuntos debatidos estavam relacionados às demandas da população, a exemplo de saúde, educação, desenvolvimento sustentável, inovação, empreendedorismo e qualificação. As propostas serão avaliadas por um comitê gestor, formado pelos diversos parceiros da iniciativa privada e representantes da população, para posteriormente serem colocadas em prática.

A secretária do Trabalho e Desenvolvimento Social, Valquíria Rezende, faz uma avaliação positiva do evento. “Com a união do poder público, a participação comunitária e a articulação dos parceiros tenho certeza que vai frutificar”, disse ela se referindo às propostas apresentadas.

A próxima etapa deve ocorrer até o mês de julho, com apresentação das avaliações do trabalho. “Esta foi apenas a primeira formatação das propostas e foi importante a participação maciça da sociedade”, disse o secretário da Indústria e Comércio Eudoro Pedroza.

O coordenador do Centro de Educação Profissional do Senai no município, Evandro Rodrigues, disse que o fórum reforçou o trabalho da escola. “Tentamos convencer da necessidade da qualificação e capacitação e o evento veio reforçar e motivar as pessoas para a importância de se preparar para este novo mercado”, resumiu.

Fonte: Secom

Por: redação

Tags: Estado