Polí­tica

Foto: Dircom

O presidente da Câmara Municipal, Carlos Braga (PMDB), em pronunciamento na sessão de hoje (05/02), afirmou que dividir o número de habitantes pelos recursos recebidos anualmente pela Casa não dá a dimensão exata nem mostra a realidade de Palmas. "A Capital tem só 18 anos e precisa de investimento porque ainda tem muito a ser feito. Além disso, a população caiu de 220 mil para 180 mil", ressaltou Braga. "É claro que, com este tipo de cálculo, São Paulo, com 11 milhões de habitantes, é a que menos gasta."

O parlamentar lembrou que houve até mesmo necessidade de investir num novo prédio e em equipamentos, pois o antigo não tinha condições para atender bem a população nem mesmo espaço no plenário. "O que precisa ver é que o dinheiro foi bem aplicado e a prestação de contas corresponde ao executado."

Braga leu também os artigos da Constituição Federal que estabelecem o volume de repasses que a Prefeitura tem de fazer à Câmara e o valor do salário dos vereadores. "Temos direito a 7% e só recebemos 6% das receitas do município."

Quanto ao salário, o vereador Wanderlei Barbosa (PSB) destacou, em aparte, que Palmas é a única capital do País onde os parlamentares recebem 50% do salário dos deputados estaduais. Nas outras, ganham 75%¨. "Se for para mudar, então tem de modificar a Constituição Federal", encerrou Braga.

Da redação com informações Dircom/CMPalmas

Por: redação

Tags: Política