Meio Ambiente

Foto: Léo Padilha

Além de ceder seu auditório, o Naturatins – Instituto Natureza do Tocantins disponibilizou apoio técnico para a realização do I Seminário BR – 010 Sustentável, organizado pela CMT Engenharia, empresa responsável pela execução do Plano Básico Ambiental da rodovia federal.

O evento foi aberto na manhã desta quarta-feira, 5, e termina nesta sexta-feira, 6, na sede do órgão ambiental, em Palmas, e conta com a participação de representantes dos oitos municípios da área de abrangência do empreendimento que, ao final das atividades, receberão certificados.

Na abertura, dois atores do grupo Artefato apresentaram a poesia “Terra”, um alerta para a devastação do meio ambiente mundial e os prejuízos causados pelos desmatamentos, as queimadas, a desertificação e a poluição.

Em seu discurso, o presidente interino do Naturatins, Marcelo Falcão Soares, destacou a relevância do evento: “Vivemos um momento onde o desenvolvimento sustentável é uma questão de sobrevivência”. Falcão lembrou que, pelo fato de o Naturatins ter papel fundamental para o desenvolvimento do Estado, por ser o responsável pelo licenciamento ambiental de empreendimentos econômicos, o órgão estará sempre aberto ao diálogo. “Sabemos a importância da BR – 010 e seus prováveis impactos, por isso participamos da discussão e queremos colaborar no que for possível”, enfatizou o gestor.

Programação

Após a abertura do I Seminário BR – 010 Sustentável, o superintendente de Construção e Fiscalização do Dertins – Departamento de Estradas de Rodagem do Tocantins, Misael Cavalcante Filho, fez apresentação do empreendimento Rodovia BR – 010. Ele explanou sobre o tamanho da obra, sua abrangência e a situação atual dos trechos que estão sendo executados. Em seguida, a analista ambiental da CMT Engenharia Juliete Oliveira apresentou a palestra “Sustentabilidade, uma questão multidisciplinar”, que abordou o desenvolvimento sustentável nos municípios da área de abrangência da rodovia.

As atividades da manhã foram encerradas pelo chefe da Assessoria Técnica de Planejamento do Naturatins, Raul Rodrigues, que apresentou o tema “ICMS Ecológico – Formas de pontuar”. Entre outros assuntos, o técnico fez um histórico do programa, seus benefícios para os municípios e citou o conjunto de itens que pontuam na tabela do ICMS Ecológico.

Na tarde do primeiro dia do seminário, a programação terá mais três palestras: “Planejamento municipal frente a implantação da BR – 010”, com Germana Pires, especialista em Planejamento Urbano da UFT – Universidade Federal do Tocantins; e “Licenciamento Ambiental”, ministrada pela coordenadora de Licenciamento Ambiental do Naturatins. As atividades serão encerradas com uma plenária e a formação de grupos de trabalho para discutir os temas apresentados nas palestras.

A manhã desta quinta-feira, 6, será aberta com a palestra “Diretrizes para sustentabilidade dos recursos públicos”, com Dilce Moura Stakaniak. Logo após acontece a formação de grupos para o nivelamento das informações. A última atividade do seminário será a apresentação das propostas para apoio técnico às prefeituras da área de abrangência da BR – 010.

Fonte: Secom

Por: redação

Tags: Meio Ambiente