Polí­tica

O deputado Stalin Bucar (PSDB) foi nomeado, na sessão plenária desta quarta-feira, dia 5, membro efetivo da CPI do TCE. A designação foi feita pelo presidente da Casa, deputado Carlos Henrique Gaguim (PMDB), e teve o objetivo de substituir Cacildo Vasconcelos (PP) que assumiu a vaga deixada pelo deputado Raimundo Moreira (PSDB) que renunciou ao cargo no início deste ano.

O presidente Carlos Gaguim anunciou também que o deputado Raimundo Palito (PP) fica como suplente de Stalin. As nomeações ocorreram mediante uma negociação do presidente e da assessoria técnica da Casa com Stalin Bucar, em função de a bancada, representada por Moreira e Cacildo, não ter apresentado novos nomes para a CPI.

A iniciativa teve como base o Regimento Interno da Assembléia que, em seu artigo 66, &6º, determina que “a vaga em Comissão será preenchida por designação do presidente da Assembléia, no prazo de cinco dias, contados da data de vacância, de acordo com indicação feita pelo líder do partido ou bloco parlamentar a que pertencer o lugar, ou independentemente dessa comunicação, se não for feita naquele prazo”. (Elpídio Lopes).

Ainda durante a reunião desta tarde, o deputado Cacildo Vasconcelos (PP), membro suplente do deputado Raimundo Moreira (PSDB) na comissão, comunicou através de ofício que não tem interesse em participar dos trabalhos da CPI. Moreira pediu afastamento dos trabalhos da comissão no início deste ano. O bloco parlamentar do PSDB/PP/PTB deve indicar outro nome para compor a comissão.

Fonte: Dicom A.L

Por: redação

Tags: Política