Polí­tica

Foto: Gleydson Medeiros

O vereador Rilton (PT) subiu à tribuna hoje na Tribuna para pedir mais uma vez ao Presidente da Saneatins, Waterloo, que venha à Câmara Municipal se justificar sobre as altas taxas de esgoto cobradas nas contas de água da população palmense. Rilton pede esta justificativa desde 2005.

Segundo Rilton, Palmas tem uma das maiores taxas de esgoto do país, pois chega à 80% do valor da conta de água de cada consumidor. A taxa mínima de consumo é de R,30. O consumidor que está nesta média acaba pagando 30 reais com a cobrança da taxa de esgoto. Os demais parlamentares concordaram com Rilton e consideraram a taxa extremamente abusiva para a realidade de Palmas.

O vereador Juscelino Rodrigues lembrou que a porcentagem máxima que pode ser cobrada é de 80% e a Saneatins tem cobrado o teto permitido sem dar explicações à população palmense.

Segundo a vereadora Cirlene (PMDB), o valor desta taxa é alta para que o pagamento dos consumidores que têm condição possa isentar o pagamento da população carente. Já o vereador Carlos Braga concordou com as reivindicações do vereador Rilton, mas considerou que a Saneatins não deveria ter sido privatizada, lembrando que a empresa foi privatizada pelo Governo anterior.

Para Rilton a atitude de Waterloo é um desrespeito ao parlamento de Palmas. “Já solicitei nesta tribuna mais de quatro vezes esclarecimentos a respeito desta taxa. O Presidente da Saneatins precisa vir à Câmara para que possamos ao menos entender o motivo de valores tão altos. Acredito que não há mais necessidade de cobrar 80%, as estações de esgoto já estão prontas, e por isso os investimentos serão bem menores", concluiu o vereador.

Da redação com informações da Assessoria de Imprensa Rilton