Estado

A Educação do Tocantins perdeu nesta terça-feira, 18, um grande colaborador. Antônio de Almeida Bonifácio, conhecido por Toninho, e que respondia pela subsecretaria da Educação e Cultura do Tocantins, faleceu com 53 anos, nesta madrugada, vítima de um câncer no pulmão.

Há mais de um ano e meio, Toninho fazia tratamento contra a doença. Desde a sexta-feira, 14, ele estava internado no HGP - Hospital Geral de Palmas. Por volta de 1h, faleceu por insuficiência respiratória.

Para a secretária da Educação, Maria Auxiliadora Seabra Rezende, profª Dorinha Seabra, Toninho foi fundamental para o desenvolvimento das ações e projetos da secretaria. Segundo ela, por presidir o Consed – Conselho Nacional de Secretários de Educação, por diversas vezes precisou se ausentar da pasta, e ele de forma tranqüila e colaborativa conduzia os trabalhos no órgão. "Um companheiro de todas as horas. Toninho ajudou a consolidar a Educação do Tocantins", lembrando de uma das demonstrações de dedicação e preocupação com a Educação. "No último dia do Salão do Livro do ano passado, já doente, na cadeira de rodas, Toninho fez questão de ver de perto toda a estrutura do evento e os colegas trabalhando", conta emocionada a secretária.

Enterro – Bonifácio está sendo velado na Loja Maçônica Luz Pioneira, localizada na 110 Sul, antiga Arse 14. O sepultamento será às 17h, no Cemitério Jardim das Acácias, em Palmas.

Perfil

Antônio de Almeida Bonifácio nasceu em 1° de dezembro de 1954, natural de Goiânia (GO). Formado em Geografia pela Universidade Federal de Goiás, em 1982. Toninho, como era conhecido, deixa três filhos, Guilherme Pinho Bonifácio, 24 anos, Murilo Pinho Bonifácio, 22 anos e Fernanda Pinho Bonifácio, 21 anos.

Trajetória

Em 1989 se mudou com a família para Miracema, na época capital provisória do Estado do Tocantins, onde foi presidente do Dertins – Departamento de Estradas de Rodagem do Tocantins. Posteriormente, assumiu a chefia de gabinete da Secretaria Estadual de Infra- Estrutura, na gestão do governador Moisés Avelino.

Em 1992 se candidatou a vereador de Palmas, sendo eleito ao cargo pelo PMDB. Anos depois foi candidato a vice-prefeito da capital, na chapa de Freire Júnior.

Em 2001, assumiu a chefia de gabinete da Prefeitura de Palmas, na gestão da prefeita Nilmar Ruiz. No último ano da gestão de Nilmar, ajudou a implantar o IPUP – Instituto de Planejamento Urbano de Palmas, do qual foi presidente.

Em 2005 ele assumiu o cargo de subsecretário da Secretaria da Educação e Cultura do Estado do Tocantins.

Fonte: Secom

Por: Redação

Tags: Estado, Toninho Bonifácio