Polí­tica

Foto: Umberto Salvador Coelho Josi: Josi: "Já apresentamos nossa defesa e estamos apenas aguardando o resultado"

Com uma certidão de quitação, emitida pela Justiça Eleitoral, a deputada Josi Nunes (PMDB) demonstrou, na sessão desta terça-feira, dia 1ª, que está apta a concorrer às próximas eleições municipais deste ano. A intenção foi rebater uma reportagem, veiculada na imprensa local, de que suas pretensões como pré-candidata à Prefeitura de Gurupi estariam ameaçadas.

A deputada tem pendências no Tribunal Superior Eleitoral, quanto à prestação de contas, referente ao pleito de 2006. “Não me enquadro na questão, porque fiz a prestação de contas. A certidão de quitação, emitida pelo TRE, é prova de que meus direitos como candidata estão dentro da legalidade”, garantiu.

De acordo com o documento, a deputada não está inelegível, pois as regras da Resolução 22.715 não se referem às próximas eleições, mas aos pleitos anteriores. A resolução enquadra, a princípio, o candidato que não prestou contas, o que não é o caso da deputada.

Nesta questão, a prestação de contas da deputada foi rejeitada, porque o TRE alegou dúvidas quanto a um valor declarado na campanha de 2006. O fato, segundo Josi, já foi esclarecido. “Já apresentamos nossa defesa e estamos apenas aguardando o resultado. Estou tranqüila, porque se trata apenas de alguns esclarecimentos”, afirma.

Vários parlamentares manifestaram preocupação em relação à matéria. O deputado Fabion Gomes (PR) lembrou que a imprensa deve ser mais criteriosa, porque uma notícia com esse teor gera muitos problemas para os políticos citados. “O pior é que o direito de resposta não tem o mesmo destaque e não atinge toda a população”, afirma.

Da redação com informações Dicom/ A.L

Por: redação

Tags: Gurupi, PMDB, Política