Polí­tica

Foto: Dicom/AL

O deputado estadual Stalin Bucar (PSDB) questiona o Prêmio ‘Prefeito Empreendedor’ idealizado pelo Sebrae e realizado em Palmas na última segunda-feira, 31. Bucar encaminhou requerimento à mesa diretora da Assembléia solicitando envio de expediente à instituição para que esta se pronuncie sobre os critérios adotados para a escolha dos participantes na premiação.

Segundo o deputado, o prefeito de Miranorte, Jadson Marins (PDT), foi um dos escolhidos para concorrer ao prêmio, entretanto o município se encontra inadimplente, não realizou obras significativas no ano de 2007, está com o décimo terceiro salário atrasado e com cheques sem fundos emitidos na praça. Ainda segundo Bucar o município esta batendo o recorde de dengue e calazar.

As informações solicitadas pelo deputado deverão ser fornecidas pelo presidente do Sebrae-TO, Junior Marzola.

O Prêmio

O prêmio visa reconhecer os municípios que contribuíram criando ações empreendedoras para o desenvolvimento municipal e incentivo à formalização das micro e pequenas empresas em suas cidades.

Neste sentido a escolha do vencedor da premiação também foi uma surpresa. O prêmio foi angariado por Paulo Mourão (PT), prefeito de Porto Nacional, que reconheceu ser uma surpresa. Esperava-se que a capital, Palmas, levasse o prêmio por suas ações fomentadas por meio do Banco do Povo implantado na atual gestão.

Até este ano o Banco do Povo já atendeu 1.500 pequenos empreendedores movimentando recursos na ordem de R$ 3,5 milhões e impulsionando a economia.

Municípios participantes

Os municípios tocantinenses que participaram da disputa foram Araguaçu, Augustinópolis, Bernardo Sayão, Caseara, Colinas do Tocantins, Combinado, Dianópolis, Guaraí, Miracema do Tocantins, Miranorte, Palmas, Paraíso do Tocantins, Pedro Afonso, Porto Nacional, Pugmil, Riachinho, Santa Fé do Araguaia, Santa Rosa do Tocantins, São Valério da Natividade, Tocantinópolis e Wanderlândia.

Umberto Salvador Coelho