Meio Ambiente

Foto: Léo Padilha

Uma sacola plástica leva em média 100 anos para se decompor quando descartada na natureza. No Tocantins, nesta quinta-feira, 5, quando se comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente, foi dado um passo importante para minimizar o uso desse tipo de embalagem em mercearias e supermercados. Nesta data, foi lançada, no Palmas Shopping, a Campanha pelo Uso da Sacola Permanente. Às 10h, quando o shopping foi aberto, foi realizada uma mobilização junto ao público que visita o local.

A intenção é contribuir para a redução do impacto ambiental negativo decorrente do acúmulo de material plástico. Em seu primeiro momento, incentivará a substituição gradual das sacolas plásticas por permanentes junto aos clientes do Quartetto Supermercados, em suas unidades localizadas nas regiões Norte e Sul de Palmas.

A vertente social também faz parte desta iniciativa, mediante a compra de sacolas de pano confeccionadas pela Associação de Mulheres de São Salvador, que serão sorteadas, presenteadas e vendidas durante a programação da 14ª Semana do Meio ambiente.

A campanha é uma iniciativa do governo do Estado, através da Coordenadoria de Educação Ambiental do Naturatins – Instituto Natureza do Tocantins, em parceria com outras instituições que compõem o FELC-TO – Fórum Estadual Lixo & Cidadania do Tocantins. A ação integra a programação da 14ª Semana do Meio ambiente, que acontece de 1° a 11 junho.

Participaram do evento, o presidente do Naturatins, Marcelo Falcão Soares; presidente da Atos – Associação Tocantinense de Supermercados, Osires Damaso; presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Palmas, Silvio Portilho; secretária geral da Atos e sócia-presidente do Quartetto Supermercados, Maria de Fátima de Jesus, unidade piloto da campanha, além de representantes da Associação Comercial e Industrial de Palmas, Fecomércio, Fieto, Ibama, Ministério Público Estadual, Caixa Econômica Federal, Companhia Independente de Polícia Militar Ambiental, e das organizações não governamentais Institutos Cooperar e Raízes.

Alerta

Durante o lançamento, a coordenadora de Educação Ambiental do Naturatins, Mônica Pacheco, destacou que o lixo é um dos maiores problemas sócio-ambientais da atualidade. Ela alertou que as sacolas plásticas jogadas em locais inadequados podem causar sérios prejuízos ao meio ambiente. Como exemplos, citou o aumento de enchentes devido ao entupimento de bueiros e a morte de animais que utilizam as sacolas como alimento.

O presidente do Naturatins ressaltou que o lançamento da campanha demonstra a preocupação que a administração estadual tem em desenvolver ações que minimizem os impactos negativos ao meio ambiente. Falcão também convocou a população a aderir a iniciativa: “Cada pessoa tem que se conscientizar da importância de suas ações em prol do meio ambiente”.

Já o presidente da Atos, parabenizou a iniciativa do Naturatins e declarou que os supermercadistas irão se empenhar para o sucesso da campanha. Osires Damaso aproveitou para sugerir que as empresas que exploram o meio ambiente destinem parte de seus recursos financeiros para a preservação ambiental.

Fonte: Secom

Por: redação,

Tags: Meio Ambiente, Naturatins