Estado

Foto: Esequias Araújo Governador Marcelo Miranda(c) durante o lançamento das obras no Pátio Multimodal. Governador Marcelo Miranda(c) durante o lançamento das obras no Pátio Multimodal.

Com plataforma multimodal, o Tocantins se prepara para salto econômico

O Tocantins se prepara para dar um salto rumo ao desenvolvimento. Um passo nesta direção foi o lançamento, na manhã desta quinta-feira, dia 19, no km 24 da rodovia TO-080, no distrito de Luzimangues, município de Porto Nacional, da plataforma multimodal de Palmas. Ela será um dos principais pontos de integração da malha viária nacional e, ainda, vai estruturar o Estado para receber grandes empreendimentos industriais. O presidente da Assembléia, deputado Carlos Henrique Gaguim (PDMB), e outros deputados prestigiaram este momento histórico.

Ressaltando a importância do evento, o presidente explicou que “as grandes empresas só investirão no Tocantins se houver uma estrutura logística, o que está se buscando”. O chefe do Legislativo lembrou ainda da participação dos deputados que “dão sustentação para que o governo possa promover o desenvolvimento”.

Carlos Gaguim foi um dos que assinaram as três ordens de serviço, juntamente com o governador Marcelo Miranda (PMDB), o prefeito de Porto Nacional, Paulo Mourão (PT), e diversas autoridades. Os documentos autorizam a construção do pátio multimodal, de um viaduto na TO-080 e da extensão de 99km da Ferrovia Norte Sul, partindo de Porto Nacional até o córrego Jabuti, município de Fátima.

As três obras somadas representam um investimento de R$ 290 milhões, com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do governo federal. De acordo com o prefeito de Porto Nacional, Paulo Mourão, a plataforma vai permitir a futura instalação de uma Zona de Expansão Econômica, dotada de um parque tecnológico agroindustrial.

Além do presidente da Assembléia, deputado Carlos Henrique Gaguim, participaram do evento os parlamentares Eli Borges (PMDB), José Viana (PSC), Paulo Roberto (DEM), Josi Nunes (PMDB), Manoel Queiroz (PT), Iderval Silva (PMDB) e Fábio Martins (PDT), trinta e dois prefeitos de municípios tocantinenses e populares.

Números da ferrovia

Após receber o título de cidadão portuense das mãos do vereador Neto Aires e a comenda da ordem do mérito do prefeito de Porto, Paulo Mourão, o presidente da Valec S.A., José Francisco das Neves, destacou os impressionantes números da Ferrovia Norte Sul.

De acordo com Neves, a plataforma ficará pronta em dois meses. “Ela é parte fundamental de um complexo agroindustrial no qual é esperada a instalação de mais de 20 indústrias num espaço de 52 alqueires”, explicou Neves, defendendo, ainda, que a seleção dos trabalhadores dessas empresas ocorra dentro da comunidade local.

De acordo com o presidente da Valec, é estimada a geração de 17 mil empregos diretos e 50 mil indiretos. Neves anunciou também que, até 2012, a Ferrovia Norte Sul estará totalmente concluída. Segundo ele, com a ferrovia, o preço do frete deve cair 30% e o prazo para exportação de produtos para a Ásia e Europa será reduzido para 45 e 30 dias, respectivamente.

 

Glauber Barros

Por: redação

Tags: Estado