Palmas

Foto: Rejane Costa

Nesta quinta-feira, 26, o prefeito Raul Filho, acompanhado do secretário municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Eduardo Manzano, entregou mais 85 casas. Com esta ação, o programa habitacional, realizado pela Prefeitura de Palmas, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh), já contabiliza 255 casas entregues.

Das 85 casas entregues, uma é adaptada para pessoas com deficiências físicas, a dona de casa, Francisca Sena, mãe de uma criança com deficiência física, disse que a casa significa a realização do sonho dela e do filho. “Agora ele poderá ter mais liberdade porque tem como se locomover dentro de casa”, avaliou.

O Cidade Solidária beneficiará 600 famílias que ocupam irregularmente áreas verdes ou áreas públicas municipais, ou que vivem em condições precárias de moradia. Também será contemplada toda a população de Palmas, uma vez que as áreas ocupadas serão recuperadas e destinadas à instalação de equipamentos públicos, como praças, postos de saúde e escolas. Além das casas e toda a infra-estrutura da quadra, o Cidade Solidária terá ainda um centro comunitário e um centro de educação infantil.

O Programa, que tem recursos do Ministério das Cidades, com contrapartida da Prefeitura, tem como objetivo a urbanização, prevenção de riscos e a regularização de assentamentos humanos precários, procurando atender às necessidades básicas da população e a melhoria na sua condição de moradia e inclusão social.

Na ocasião de entrega das obras, o prefeito, Raul Filho frisou que a consolidação de programas habitacionais completos, com infra-estrutura urbana e próximo aos equipamentos públicos faz parte de uma politica pública voltada para o desenvolvimento social da população beneficiada.

Dados do Programa Cidade Solidária

Parceiros: Prefeitura de Palmas, Ministério das Cidades, CAIXA e Governo do Estado;

Número de Unidades Habitacionais previstas: 600 (foram entregues 118 unidades da segunda etapa da obra nesta sexta-feira, 14);

Recursos: Cidade Solidária;

Governo Federal: R$ 9.555.000,00 (repasse para a Prefeitura de Palmas) e R$ 2.800.000,00 (repasse para o Governo do Estado);

Prefeitura de Palmas: R$ 570.000,00 – responsável pela construção das residências, Centro Comunitário e Centro de Educação Infantil;

Governo do Estado: R$ 280.000,00 – responsável pela infra-estrutura

 

Fonte: Ascop

Por: Redação

Tags: Palmas