Polí­tica

O Tribunal de Contas do Estado do Tocantins enviou novo ofício ao TRE excluindo o nome do ex-presidente da Câmara de Campos Lindos, Jorlenio Menezes Santos (PMDB), da lista de gestores públicos tocantinenses que tiveram suas contas rejeitadas por irregularidade insanável e por decisão irrecorrível no período de junho de 2003 a junho de 2008.

É que as contas do exercício de 2003, que constavam do documento anterior como irregulares, na verdade foram julgadas regulares com ressalvas pelo TCE, conforme o Acórdão n° 101/2006. Assim, o ex-gestor deixa de integrar a relação de possíveis inelegíveis.

 

Por: Redação

Tags: Campos Lindos, Política, Tribunal de Contas