Polí­tica

Foto: Umberto Salvador Coelho
  • Foto - Umberto Salvador Coelho
  • Foto - Umberto Salvador Coelho
  • Foto - Umberto Salvador Coelho
  • Foto - Umberto Salvador Coelho
  • Foto - Umberto Salvador Coelho

O reforço que Marcelo Lelis (PV) precisava para encorpar sua candidatura entrou na campanha. Siqueira Campos inaugurou na manhã desta segunda-feira, 14, o comitê de campanha do candidato, no segundo piso do centro comercial Wilson Vaz.

Dezenas de pessoas esperavam o ex-governador na entrada do prédio e o conduziram até o auditório da Coligação UT- União do Tocantins. A deputada estadual Luana Ribeiro (PR) disse que Siqueira é o “grande líder e pai dos utistas”, já o deputado federal Freire Junior disse que a presença de Siqueira reveste de uma “importância emblemática imensurável” a campanha de Marcelo Lelis.

O ex-governador entregou a Lelis alguns documentos originais do início da construção de Palmas que tratam do planejamento da capital e disse que Palmas cumpriu todas as etapas do seu planejamento até atingir 200 mil habitantes no começo desta década, mas de lá para cá regrediu. Segundo Siqueira Campos “eles tem que explicar porque a cidade parou de crescer”. Ele disse que Lelis tem todas as condições de ser eleito e disse que estará onde for preciso para defender sua candidatura.

Siqueira ainda disse que votará em Lelis e não tem "bandido ou traidor" que o impeça. Ele também disse que deram dinheiro para comprar parte do PSDB, se referindo ao fato do diretório metropolitano do partido ter tentado apoiar Nilmar Ruiz (DEM).

Lelis por sua vez afirmou que, lembrando o dia em que chegou a Palmas observando a Avenida Teotônio Segurado, nem nos “melhores sonhos poderia imaginar estar aqui tendo ao meu lado o senador João Ribeiro (PR) e aquele (Siqueira) que sobrevoou aqui e criou esta cidade moderna e humana”.

O candidato da UT leu parte da introdução dos documentos a ele repassado por Siqueira Campos. Em uma cartilha do planejamento o texto começa perguntando “porque Palmas?” Lelis disse que imagina que naquela época muitos faziam esta pergunta a Siqueira. Segundo o candidato é preciso sonhar uma cidade universitária, com qualidade da saúde e turismo que traga as pessoas para conhecer as belezas de Palmas. Lelis ainda lembrou que o destino conspira a seu favor.

Reced

Siqueira voltou a afirmar que está concentrado no Reced e que os adversários vão ter que engolir o que estão dizendo. "Andam dizendo que o RCED não vai dar em nada, vão ter que engolir", discursou Siqueira Campos. Ele disse que falavam o mesmo da construção de Palmas e da criação do Tocantins. Siqueira insistiu repetidas vezes que voltará ao governo por meio da cassação de Marcelo Miranda (PMDB).

 

Umberto Salvador Coelho