Economia

A metodologia do Programa Jovens Empreendedores – Primeiros Passos será implantada em pelo menos duas escolas que servirão como modelo no município de Gurupi, em Tocantins. A iniciativa foi viabilizada em encontro entre o gerente do Núcleo Regional Sul do Sebrae em Tocantins, Jânio Valadares, a analista da Instituição Maria Natividade e o prefeito de Gurupi, Alexandre Abdalla, que aprovaram a proposta de convênio para adoção do programa.

Essas primeiras unidades serão escolhidas por meio de visitas e avaliações feitas pelo Sebrae/TO com a Secretaria de Educação Municipal. O programa, inicialmente, será aplicado em escolas públicas. Posteriormente, quando já estiver consolidado, as escolas privadas que se interessarem poderão procurar o Sebrae/TO para estudar a possibilidade de implantação do programa.

Na reunião realizada na terça-feira (15), foram discutidos os principais objetivos do projeto. A previsão é de que ainda este ano os professores já estejam aptos a ministrar as aulas da nova disciplina.

De acordo com Maria Natividade, gestora do projeto, “a inserção do empreendedorismo nas escolas será um divisor de águas para o fomento de uma nova economia no Estado”. Ela afirma ainda que o momento é oportuno para mudar o comportamento e a percepção das crianças e jovens com relação ao mercado de trabalho. “Eles estão em uma fase muito fértil da aprendizagem”.

O primeiro passo é tornar as duas escolas referência de ensino do empreendedorismo por meio de avaliações técnicas do Sebrae. Para isto, a instituição irá promover a capacitação de todos os professores das escolas selecionadas como aptas a receber essa inovação e tornar esse projeto uma realidade na rede educacional tocantinense.

O prefeito Alexandre Abdalla aplaude a parceria: “Ficamos felizes com este convênio, pois o Sebrae reúne todas as condições para auxiliar o poder público na formação dos profissionais do futuro”. Ele pediu que a Instituição dê preferência às escolas que atendem as regiões mais carentes do município.

Para Jânio Valadares, inserir o empreendedorismo no sistema educacional será algo que certamente trará bons resultados. “Essa é uma excelente metodologia para transformar os jovens de hoje em empreendedores de amanhã. Não se trata de responsabilidade social, estamos preparando o futuro empreendedor para que se torne mais competitivo”.

Programa Jovens Empreendedores

O Programa Jovens Empreendedores – Primeiros Passos foi desenvolvido pelo Sebrae em São Paulo há oito anos. Este ano, a metodologia foi trazida para o Tocantins e iniciou-se a articulação do programa para sua implantação no município de Gurupi, com a possibilidade de expansão em um outro momento para todo Estado.

O objetivo do programa é inserir a cultura empreendedora no ensino fundamental. O programa trabalha com crianças e adolescentes de 7 a 14 anos de uma forma direta e clara, desenvolvendo suas potencialidades. O material didático compreende cartilhas com temas específicos para alunos e professores.

O Programa Jovens Empreendedores compreende oito cursos específicos para cada série do Ensino Fundamental com os seguintes temas: 1ª série – O doce mundo das balas; 2ª série – O mundo do faz-de-conta; 3ª série – Praticando a natureza; 4ª série – Locadora de gibis; 5ª série – Quem sabe faz a hora; 6ª série – Oficina de Estamparia; 7ª série – Show Room do Papel; 8ª série – Desenvolvendo Empreendedores.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa do Sebrae