Polí­tica

O presidente da Câmara dos Vereadores de Palmas, Carlos Braga (PMDB) disse na sessão plenária desta terça-feira, (05/08) que as sessões ordinárias serão realizadas normalmente, cumprindo o Regimento Interno da Casa.

Segundo Braga o que não for possível fazer em sessão ordinária será complementado em sessões extraordinárias. "A campanha política não vai atrapalhar os trabalhos em andamento na Casa, pois os vereadores podem conciliar a campanha eleitoral com as atividades parlamentar, para que haja quórum para deliberação das matérias. Não podemos prejudicar a comunidade palmense por causa da eleição", frisou o presidente.

O peemedebista apresentou projeto de lei que altera a Lei 911 de 26 de junho de 2000 a qual reduz em 50% a carga horária de trabalho dos pais de pessoas portadoras de deficiência física. "A alteração dessa lei beneficiará também aos pais dos portadores de necessidades especiais (auditiva e visual) na redução de sua carga horária", ponderou Braga.

Ainda durante a sessão o presidente Carlos Braga que é secretário-geral do PMDB destacou que a reunião da executiva do partido transcorrida no domingo, (02/08) houve debates, mas, tudo terminou bem. "Todos os filiados foram liberados para apoiarem outros partidos nessas eleições". Braga, entretanto, se mostrou preocupado se isto foi o melhor para o PMDB.

 

Umberto Salvador Coelho

Da redação com informações Dicom/CM Palmas

Por: Redação

Tags: Câmara de Palmas, Política