Polí­tica

Foto: Luiz Henrique Parahyba

O Presidente República, Luiz Inácio Lula da Silva, recebeu na tarde desta quarta-feira, 27, o candidato a prefeitura de Araguaína pelo PT, Célio Moura; o senador João Ribeiro (PR); o presidente estadual do PT, Donizeti Nogueira, a prefeita de Araguaína, Valderez Castelo Branco (PR) e seu esposo, o deputado federal Lázaro Botelho (PP).

O presidente tratou de diversos assuntos referentes ao Tocantins. Entre os mais importantes, na pauta da reunião, foi tratado da eleição municipal e da ferrovia Norte-Sul.

O senador João Ribeiro fez uma explanação ao presidente Lula para colocá-lo a par dos acontecimentos da eleição no estado. Especificamente também falou-se da eleição de Araguaína.

O candidato Célio recebeu todo o apoio do presidente Lula e inclusive dicas para a campanha. Foi discutido também alguns pontos do plano de governo.

João Ribeiro aproveitou para convidar o presidente para inaugurar a travessia urbana de Araguaína, que teve suas obras finalizadas há pouco tempo. O presidente Lula ficou de escolher a data mais próxima possível e acredita que isto deve acontecer ainda no mês de setembro.

Araguaína

Na audiência o presidente foi enfático ao dizer que o Governo Federal continuará contribuindo com o desenvolvimento da região norte e investindo no município de Araguaína.

As obras de canalização dos córregos "Neblina", "Cará" e "Lava-pé", foram destacadas pelo Presidente Lula, como ações de desenvolvimento da região. Na presença das lideranças políticas tocantinenses, o presidente deu a garantia da continuidade das obras no município.

Célio Moura

Lula ficou bastante à vontade ao encontrar o amigo Célio Moura, com quem cultiva uma amizade de mais de 30 anos. A prefeita Valderez Castelo Branco, fez um balanço das ações do Governo Federal em Araguaína e declarou-se uma aliada do governo Lula no Tocantins.

Na audiência com o presidente Lula participou também o ex-secretário de administração de Araguaína, Anselmo Filho.

 

Umberto Salvador Coelho

Da redação com informações assessoria Célio Moura e senador João Ribeiro