Campo

O analista do Sebrae Tocantins, José Carlos Bessa, participou de mais uma edição do Encontro Maranhense de Apicultores e Festa do mel, na cidade de Governador Nunes Freire/MA, nos dias 29 e 30/08. Os eventos já acontecem há alguns anos na região do Alto Turi, onde encontra-se a maior produção de mel do Maranhão.

O analista ministrou uma palestra e uma oficina, ambas sobre gestão apiária, por meio das ferramentas: Simulador Gerencial Apícola e Calendário Gerencial Apícola. A importância da feira e a abrangência que ela tem na região Nordeste do país, mostram a relevância que os instrumentos criados no Tocantins têm para o setor.

No domingo (31/08), Bessa esteve na cidade de Esteio/RS, onde participou da programação do Sebrae/RS, durante da 31ª Expointer. A palestra que abordou o funcionamento e a utilidade das ferramentas de gestão apícola tocantinenses abriu a programação do stand do Sebrae, destinado à Apicultura.

As palestras e oficinas, oferecidas pelo analista durante suas visitas aos eventos apícolas, tiveram como principal proposta mais que repassar conhecimento e tecnologia, mas também, desenvolver no apicultor habilidades e competências permitindo a ele tomar decisões que possam gerar renda e lucro com dignidade.

Para a apicultura em geral, essa mudança de paradigma e a introdução dessa nova metodologia, tem um significado muito grande. “É preciso mostrar aos produtores que não adianta produzir a qualquer custo, eles precisam entender que a lucratividade é essencial para a manutenção de qualquer negócio”, enfatiza o analista.

De acordo com Bessa, toda essa mobilização é de suma importância para o Sebrae Tocantins, pois a instituição existe para atender e orientar não somente a gestão da indústria, comércio e serviços, mas também o agronegócio.

O gerente do Núcleo Regional Sul, Jânio Valadares, afirma que esses convites confirmam e validam, junto às unidades do Sebrae de outros estados, as ferramentas desenvolvidas pelo Sebrae Tocantins.

No que diz respeito à Gestapi, ele acredita que tanto interesse seja devido ao ineditismo das ferramentas. “O apicultor necessita trabalhar a gestão em seu apiário, todos já se acostumaram com materiais sobre produção, mas a gestão tem chamado cada vez mais a atenção destes produtores”, comentou o gerente.

E dando continuidade ao processo de divulgação das novas ferramentas, nos dias 27 e 28/09, Bessa participará do II Seminário de Apicultura da Região de Lins/SP.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa do Sebrae

Por: Redação

Tags: Sebrae Tocantins, campo