Palmas

Foto: www.skyscrapercity.com Tranquilidade da Praia Graciosa em dias úteis Tranquilidade da Praia Graciosa em dias úteis
  • Praia do Prata em Palmas
  • Monumento aos 18 do Forte de Copacabana e Memorial Prestes ao fundo
  • Espaço Cultural
  • Memorial Prestes - Foto - Antônio Gonçalves
  • Foto - Antônio Gonçalves

Palmas obteve destaque entre os 65 destinos indutores do desenvolvimento turístico regional no Brasil. A classificação veio através do estudo realizado pelo Ministério do Turismo (MTur), a Fundação Getúlio Vargas (FGV) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), e observou três itens, sendo eles a infra-estrutura geral, monitoramento e aspectos ambientais. A informação foi repassada à Secretaria de Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia esta semana.

O estudo teve como principal objetivo realizar um diagnóstico detalhado da realidade dos destinos avaliados, para assim verificar as perspectivas dos níveis de competitividade turísticas de cada um, e permitir que gradualmente possam, com base nos princípios de sustentabilidade, oferecer produtos de melhor qualidade a turistas nacionais e estrangeiros. A proposta é nortear os investimentos do Plano Nacional de Turismo 2007/2010.

A principal característica dos destinos selecionados é que eles possuem capacidade de atrair e distribuir um significativo número de turistas e dinamizar a economia do seu entorno.

Critérios

A seleção dos 65 destinos seguiu critérios técnicos, mas também considerou que todas as Unidades da Federação e suas capitais deveriam ser contempladas. Além disso, um único estado poderia ter no mínimo um e no máximo cinco destinos. Para ser considerado um destino indutor, o município deve possuir infra-estrutura básica e turística, ter atrativos qualificados e ser um núcleo receptor e distribuidor de fluxos turísticos.

Fonte: Ascop

Por: Redação

Tags: Palmas, turismo