Meio Ambiente

Foto: Divulgação

Mais uma denúncia de tráfico de animais silvestres levou o Naturatins – Instituto Natureza do Tocantins a apreender 30 pássaros mantidos em cativeiro no município de Presidente Kennedy, a 206 quilômetros de Palmas. O atendimento da denúncia foi realizado pelos fiscais da Unidade Regional de Pedro Afonso e agentes da Cipama – Companhia Independente da Polícia Militar Ambiental na manhã desta sexta-feira, 17, numa residência no centro da cidade.

Ainda filhotes, os 28 papagaios e duas curicas estavam em poder da senhora Maria das Dores, que foi multada em R$ 20 mil. A gerência da Unidade de Pedro Afonso acredita que as aves foram retiradas de alguma fazenda próxima da região, e que tinha como destino a venda clandestina.

Os pássaros serão encaminhados na segunda-feira, 20, para a Chácara do Naturatins em Palmas, onde receberão os primeiros cuidados, e após a reabilitação, devolvidos à Natureza.

Segundo dados da diretoria de Fiscalização do Naturatins, somente neste ano já foram apreendidos 489 pássaros, somando a um total de 925 de animais silvestres apreendidos pelo órgão. “Diante do número de animais apreendidos, gerou a preocupação do órgão em implantar de um centro de recepção aos animais, uma vez que temos técnicos capacitados dentro da instituição”, afirmou o diretor Laureno Tebas.

Anterior a essa apreensão o órgão já havia apreendido 54 filhotes de papagaio no município de Conceição do Tocantins. Estes também foram conduzidos à chácara do Instituto, onde recebem atenção especial dos técnicos do órgão.

 

Fonte: Assessoria de imprensa Naturatins