Palmas

O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) vai fazer a segunda e última visita, nesta terça-feira, 11, aos proprietários de cães infectados com Calazar que se recusaram a entregar os animais para sacrifício.

De acordo com o responsável técnico pela Leishmaniose (calazar), Médico Veterinário, Edilson Ferreira de Lima Júnior, serão realizadas nove visitas, com a finalidade de conscientizar os proprietários desses cães para a entrega dos animais, antes da denúncia crime, junto à Delegacia de Meio Ambiente e Urbanismo para providências legais: "sabemos da relação de afeto existente entre os donos e os animais, no entanto, temos de conscientizá-los de que esses cães infectados põem em risco, a vida humana", enfatizou Edilson, informando que após a visita, será dado ainda um prazo de 10 dias para que os animais sejam entregues espontaneamente no CCZ.

Ações realizadas no Setor Santa Bárbara

Em função da notificação de cinco casos de Leishmaniose Visceral (Calazar) em humanos, no segundo semestre de 2008, no Setor Santa Bárbara, foram realizadas as seguintes ações de controle:

Manejo Ambiental

(vista a residências com analise de risco do ambiente e orientações quanto ao manejo de matéria orgânica para reduzir o risco de transmissão da doença). Foram visitados 1004 residências de 02 a 16 de outubro deste ano.

Controle Químico

(Borrifação ): já foram borrifados 883 imóveis, trabalho iniciado no último dia 29 de setembro e será concluído no próximo dia 11 de novembro, em função de 13 recusas de moradores e de 63 residencias que estavam fechadas.

Inquérito Canino

(coleta de sangue de cães para exames de laboratório): foram coletados amostras de sangue em 364 animais, sendo que 67 foram diagnosticados positivamente e desses 35 foram sacrificados e 9 proprietários se recusaram a entregar os cães. Esses casos estão sendo analisados para encaminhamento de denúncia crime, junto à Delegacia de Meio Ambiente. Esse trabalho foi realizado no mês de outubro deste ano e por isso 116 amostras ainda estão sendo processadas pelo laboratório Municipal da Semus.

Dados Calazar Palmas

Em toda a capital, foram notificados, neste ano, 28 casos de calazar em humanos, sendo o Setor Santa Bárbara, com o maior número 5 (cinco), seguido do Jardim Aureny III, com 4 (quatro), o Setor Santa Helena e Aureny II com 3 (três) casos. As demais quadras aparecem com um caso cada.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa Semus

Por: Redação

Tags: Calazar, CCZ, Palmas, Santa Bárbara, Saúde, Semus