Economia

As vendas totais de veículos no mercado brasileiro registraram queda de 22,28% em novembro, na comparação com outubro, e de 23,44% em relação ao mesmo mês do ano passado, totalizando 309,712 mil unidades, segundo dados divulgados hoje pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). Os números incluem automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motos e implementos rodoviários.

No acumulado do ano até o mês passado, as vendas totais do setor somaram 4,5 milhões de unidades, o que representa uma evolução de 17,36% em relação ao mesmo período de 2007.

Considerando só o segmento de automóveis e comerciais leves, as vendas somaram 166,279 mil unidades, com queda de 26,01% em relação a outubro e de 26,34% sobre novembro de 2007. No acumulado de janeiro a novembro de 2008, as vendas dos dois segmentos somaram 2,487 milhões de unidades, o que indica uma expansão de 17,85% sobre igual intervalo do ano passado.

Caminhões

As vendas de caminhões somaram 9.440 unidades em novembro, com queda de 21,98% em relação a outubro e de 0,17% sobre igual mês do ano passado. No acumulado do ano foram vendidas 114.826 unidades, o que representa um crescimento de 27,93% sobre igual período do ano passado.

Ônibus

Segundo a Fenabrave, o segmento de ônibus comercializou 2.187 unidades em novembro, com retração de 11,99% sobre outubro e expansão de 17,96% sobre o mesmo mês de 2007. No acumulado dos primeiros 11 meses do ano foram comercializadas 24.162 unidades, volume 19,95% maior que o de igual intervalo de 2007.

Motos

As vendas de motos somaram 124.176 unidades em novembro, com retração de 17,28% sobre outubro e de 22,85% sobre igual mês do ano passado. De janeiro a novembro o segmento comercializou 1,782 milhão de unidades, com alta de 15,41% sobre 2007.

Implementos

Já as vendas de implementos rodoviários totalizaram 3.702 unidades, com queda de 21,72% sobre outubro e crescimento de 28,94% sobre novembro de 2007. No acumulado até novembro o segmento registrou alta de 42,13% nas vendas, com 46.720 unidades comercializadas.

Fonte: Agência Estado